Economia

Neonergia "sabe o que tem que fazer em Brasília", diz CEO de nova dona da CEB

Mario Ruiz-Tagle afirmou que a Bahia Geração de Energia vai trabalhar para fornecer "energia suficiente e a um custo razoável para o crescimento de Brasília"

Washington Luiz
postado em 04/12/2020 15:19
Neoenergia comprou a CEB Distribuição por R$ 2,5 bilhões, nesta sexta-feira (4/12) -  (crédito: Breno Fortes/CB/D.A Press - 1/7/15 )
Neoenergia comprou a CEB Distribuição por R$ 2,5 bilhões, nesta sexta-feira (4/12) - (crédito: Breno Fortes/CB/D.A Press - 1/7/15 )

O CEO da Neoenergia, Mario Ruiz-Tagle, garantiu que a Bahia Geração de Energia “sabe fazer o que tem que fazer em Brasília” e vai trabalhar para fornecer “energia suficiente e a um custo razoável para o crescimento de Brasília”. A empresa foi a vencedora do leilão da Companhia Energética de Brasília (CEB), realizado na manhã desta sexta-feira (4/12).

Questionado se haveria alguma redução de tarifa para os consumidores do Distrito Federal, Ruiz-Tagle lembrou que os preços são reguladas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). “É um processo muito técnico e muito testado, durante muitos anos. Estamos no quinto ciclo de revisões tarifárias das companhias de distribuição. O nosso trabalho é investir para melhorar a qualidade, investir de forma eficiente para que os investimentos sejam igualmente passados na tarifa”, disse.

O CEO afirmou que a população “pode ficar tranquila”, pois a Neonergia conhece “perfeitamente a companhia. Estudamos muito bem ela. Por isso, conseguimos dar um preço dessa característica e confiamos que teremos alta rentabilidade”.

O grupo comprou a CEB por R$ 2,515 bilhões, um ágio de 76,63% em relação ao valor inicial de R$ 1,4 bilhão. Controlada pela espanhola Iberdrola, a Neoenergia, tem 13,7 milhões de clientes distribuídos pelos estados da Bahia, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte e no interior de São Paulo, por meio da Elektro.

Com forte atuação no segmento de fontes renováveis, a empresa é dona de parques eólicos na Bahia, no Rio Grande do Norte e na Paraíba e possui usina solar em Fernando de Noronha (PE).

 




Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE