CAMPANHA

Família promove vaquinha para comemorar aniversário de filho de motorista assassinado

Roosevelt Albuquerque da Silva foi assassinado na madrugada de terça-feira (2/12). Ele trabalhava como motorista de aplicativo havia uma semana, para quitar dívidas e pagar a festa de aniversário do filho de 4 anos

Darcianne Diogo
postado em 04/12/2020 20:09
 (crédito: Redes sociais)
(crédito: Redes sociais)

Familiares e amigos de Isaac Albuquerque, 4 anos, filho do motorista de transporte por aplicativo assassinado Roosevelt Albuquerque da Silva, 31, começaram uma campanha para custear a festa de aniversário do menino, em 13 de dezembro. A morte de Roosevelt comoveu a população do DF e gerou revolta nas redes sociais. O condutor foi vítima de latrocínio — roubo seguido de morte — na quarta-feira (2/12), após pegar dois passageiros na Asa Norte com destino a Sobradinho.

A vítima trabalhava como motorista de aplicativo havia uma semana. A intenção era quitar dívidas, conseguir dinheiro para fazer a festa do filho caçula e comprar o presente que a criança tinha pedido, um tênis de rodinhas.

"Não vamos deixar (a data) passar em branco. Meu irmão estava trabalhando duro e juntando dinheiro para fazer a festinha do Isaac. Unidos, somos mais fortes e quem sentir vontade de ajudar pode ficar à vontade. Vamos usar o dinheiro para comprar a decoração, comidas e o presente que ele tinha pedido ao pai", disse a irmã de Roosevelt, Renyelle Albuquerque, 32.

Após ler matéria publicada, nesta sexta-feira (4/12), no site do Correio, a confeiteira Amanda Zottich, 41, entrou em contato com o jornal, para pedir o telefone de parentes de Roosevelt. Ela disse que doará o bolo de aniversário e os docinhos da festa. "Sou autônoma e trabalho nessa área. Essa história é muito comovente e me tocou bastante, porque a criança tem a idade do meu filho mais novo. Na hora em que li a matéria, senti a vontade de ajudar", contou Amanda. 

O tema da festa será inspirado na história do super-herói Hulk, a pedido de Isaac. O aniversário dele é em 8 de dezembro, mas a festa será comemorada no dia 13.

O caso

Roosevelt saiu de casa, no Jardim Botânico, para trabalhar, na tarde de terça-feira (1º/12). Dois passageiros acionaram o motorista por volta das 22h, na Asa Norte, segundo investigações da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho). A corrida seria para Sobradinho.

Os passageiros, um homem de 22 anos e um adolescente de 17, anunciaram o assalto, mas resolveram matar o motorista. Roosevelt foi assassinado com três tiros na nuca, próximo ao Polo de Cinema.

Saiba como ajudar

Renyelle Albuquerque da Silva

Caixa Econômica (Poupança)

Agência: 0863

Operação: 013

Conta: 3779-0

CPF: 083.565.934-84

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE