Homenagem

Familiares e amigos celebram centenário de Neusa França, compositora do Hino de Brasília

A artista e professora, conhecida pela generosidade, é compositora do Hino de Brasília. A musicista faleceu em 8 de março de 2016

Darcianne Diogo
postado em 07/12/2020 20:53
 (crédito: Edílson Rodrigues/CB/D.A Press - 27/5/10)
(crédito: Edílson Rodrigues/CB/D.A Press - 27/5/10)

Familiares e amigos se reuniram, na noite desta segunda-feira (7/12), para homenagear o centenário de nascimento da pianista Neusa França, compositora do Hino Oficial de Brasília. A grande figura do cenário artístico da capital da República faleceu em 8 de março de 2016, aos 95 anos, e ficou conhecida pela generosidade e por descobrir talentos no ramo musical.

Na noite de hoje, na Quadra 305 Sul, cerca de 30 pessoas se reuniram para relembrar alguns dos momentos mais especiais de Neusa. Entre os participantes, estavam colegas de prédio, professores de música e alunos. Em homenagem especial, Rogério Resende, técnico e afinador de pianos, a descreveu como “grande amiga”. “Mais do que uma cliente assídua, ela era minha companheira. Prestei serviços a ela, mas, a partir disso, formamos uma grande amizade, de coração”, disse.

A musicista Bete Ernest Dias, 65, recordou dos momentos que passou ao lado da amiga. “Tenho lembranças gostosas e divertidas ao lado dela. Lembro que, cada vez que íamos tocar juntas, ela colocava bombons nas mesas dos músicos. Era uma figura e cabe a nós esse esforço que estamos fazendo para homenageá-la por tudo de bom que ela nos deixou”, descreveu.

A solenidade, que durou cerca de duas horas, contou com a presença de ex-alunos de Neusa, que tocaram piano em admiração ao trabalho da musicista.

Carreira

Nascida em Campos (RJ), Neusa França viveu em Brasília por cerca de 55 anos. Antes da mudança para a capital, ela já tinha emprego garantido. Passou em primeiro lugar para ser professora de música em Brasília, em concurso público, feito no Rio de Janeiro.

Ao longo da carreira, atuou como professora no Centro de Ensino Fundamental Caseb e também no Colégio Elefante Branco, e chegou a dar aulas de graça, por vontade de lapidar talentos.

A paixão pelo piano começou quando a musicista era criança, aos 7 anos, no Rio de Janeiro. Depois disso, formou-se pela Escola Nacional de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ela obteve a primeira classificação em educação musical pelo Conservatório Villa-Lobos, onde ganhou diploma de alta virtuosidade e interpretação pianística, concedido pela renomada pianista Magda Tagliaferro (de quem Neusa se tornou, além de aluna, assistente).

Em fevereiro de 2016, a pianista esteve internada no Hospital Santa Luzia, onde sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e teve várias intercorrências nesse período. Em 8 de março do mesmo ano, ela faleceu.

  • Homenagem à Neusa França
    Homenagem à Neusa França Foto: Darcianne Diogo/CB/D.A Press
  • Ex-alunos tocaram piano em admiração à musicista
    Ex-alunos tocaram piano em admiração à musicista Foto: Darcianne Diogo/CB/D.A Press
  • Solenidade reuniu amigos, familiares e vizinhos
    Solenidade reuniu amigos, familiares e vizinhos Foto: Darcianne Diogo/CB/D.A Press
  • Neus França é compositora do Hino de Brasília
    Neus França é compositora do Hino de Brasília Foto: Darcianne Diogo/CB/D.A Press
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE