Eixo capital

Ana Maria Campos
postado em 10/12/2020 23:11
 (crédito: Joel Saget/AFP)
(crédito: Joel Saget/AFP)

Câmara Legislativa quer plano distrital de vacinação contra coronavírus

A Câmara Legislativa aprovou em primeiro e segundo turnos projeto de lei que estabelece um prazo de 30 dias para que o governador Ibaneis Rocha (MDB) apresente um plano distrital de vacinação contra covid-19. A proposta é de autoria de vários distritais que se uniram em torno do tema, entre os quais os petistas Arlete Sampaio e Chico Vigilante, e do presidente da Casa, Rafael Prudente (MDB). O projeto segue, agora, para sanção de Ibaneis. Ele já avisou que vai seguir o plano nacional a ser definido pelo Ministério da Saúde. O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, garantiu que o DF está preparado e estruturado para a imunização contra o novo coronavírus.

 

Shoppings planejam ceder espaço para vacinação contra covid-19

A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), que reúne 584 shoppings em todo o país, se colocou à disposição do governo para que os empreendimentos ajudem na logística do plano de imunização contra a covid-19 quando a vacina estiver disponível. Neste ano, diversos shoppings, como o ParkShopping, em Brasília, disponibilizaram espaço para a realização dos testes de detecção do novo coronavírus. A ideia é contribuir ainda mais, agora na questão da imunização. A expectativa é de alta demanda e, por isso, quanto mais locais disponíveis houver ao processo que envolve a vacinação, melhor.

 

Na mira

Uma correção: A Polícia Militar do DF está comprando 11,5 mil pistolas semiautomáticas e não cinco mil, como a coluna divulgou ontem. A corporação explica que foram compradas cinco mil pistolas semiautomáticas calibre 9mm tamanho padrão, seis mil pistolas semiautomáticas tamanho compacta e 550 tamanho subcompacta. As armas são da marca CZ P-10, novas e de última geração do fabricante, conforme condições, quantidades, exigências e estimativas especificadas no Termo de Referência do Edital de Pregão Eletrônico Internacional. O montante destinado é de
R$ 17.400.521,50.

 

Projeto agiliza autorizações emergenciais para vacinas contra a covid-19

A senadora Leila Barros (PSB-DF) apresentou projeto que pretende agilizar a possibilidade de utilização, no Brasil, de vacinas que já tenham autorizações emergenciais de agências regulatórias internacionais de amplo renome. Inclui, também, no rol de agências previstas na Lei de combate à pandemia, a agência do Reino Unido, primeiro país a iniciar a vacinação em massa contra a covid-19. “Com o PL, queremos reduzir possíveis judicializações e responsabilizações pessoais de gestores que têm o dever de proteger a vida de brasileiros nesse momento difícil de pandemia”, explica a senadora Leila. O projeto foi apresentado na última quarta-feira, um dia antes de a Anvisa autorizar o uso emergencial de vacina contra covid-19. “Com a alteração do texto, vamos dirimir dúvidas”, acredita a senadora do DF.

 

Compliance na saúde

Os promotores de Justiça de Defesa da Saúde do Distrito Federal recomendaram ao Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGES-DF) que crie um programa de compliance. O objetivo é proteger a entidade dos atos lesivos que resultem em prejuízos financeiros causados por irregularidades, desvios de ética e de conduta, além de eventuais fraudes em contratos.

 


Segunda rodada

A cerimônia de recondução da procuradora-geral de Justiça do DF, Fabiana Costa Barreto, será hoje, por videoconferência, com acesso pelo canal do MPDFT no YouTube, a partir de 14h30. A solenidade será conduzida pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. Pelo menos até fevereiro, nada muda na equipe de Fabiana.

 

Base de dados nacional para fiscalização

O conselheiro Renato Rainha, do Tribunal de Contas do Distrito Federal, tem se destacado pelo país na defesa do combate à corrupção. O ex-delegado de polícia reuniu os setores de inteligência de diversos órgãos de controle e vem coordenando a criação de uma base de dados nacional sobre irregularidades em contratações públicas, especialmente aquelas relacionadas à covid-19. O trabalho vai permitir o cruzamento de informações e maior eficiência nas fiscalizações. De olho nesse protagonismo, o Tribunal de Contas do Estado do Piauí o convidou para apresentar, hoje, um painel sobre a “Visão Sistêmica de um Brasil sem Corrupção”.

 


Conterrâneo

Um cidadão apelou ao governador Ibaneis Rocha (MDB) por emprego numa manifestação pacífica em frente ao Palácio do Buriti. Com uma faixa, lamentou a situação e pediu ajuda. “Sou do Piauí e estou desempregado”, alardeou certamente apegado à informação do apreço de Ibaneis ao estado onde passou grande parte da vida. Será que ele também é de Corrente?

 

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE