VIOLÊNCIA

Travesti é assassinada no Sudoeste após recusar dar comida a morador de rua

O crime ocorreu na noite desta quinta-feira (10/12) na comercial da quadra 101

Darcianne Diogo
postado em 11/12/2020 00:06 / atualizado em 11/12/2020 00:32
 (crédito: Darcianne Diogo/CB/D.A.Press)
(crédito: Darcianne Diogo/CB/D.A.Press)

Uma travesti morreu esfaqueada, na noite desta quinta-feira (10/12), na comercial 101 do Sudoeste, no estacionamento em frente à Choparia Sudoeste. O crime é investigado como homicídio pela 3° Delegacia de Polícia (Cruzeiro). A vítima foi identificada como Juliana da Cruz Costa, de 33 anos.

Juliana da Cruz Costa, de 33 anos, é assassinada no Sudoeste
Juliana da Cruz Costa, de 33 anos, é assassinada no Sudoeste (foto: Arquivo pessoal)

Segundo informações preliminares da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), a vítima se alimentava no meio da rua, quando um homem, de identidade ainda não revelada, passou e pediu um pouco de comida. Testemunhas relataram que a travesti se recusou a oferecer o alimento e, pouco tempo depois, o autor desferiu um golpe de faca na clavícula esquerda da vítima.

Até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso. A perícia da Polícia Civil do DF foi acionada e policiais estão nas ruas em busca do paradeiro do suspeito.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE