Pandemia

Covid-19: DF Legal intervém em 78 comércios entre sexta e domingo

Aglomerações e não uso de máscara foram as principais irregularidades encontradas pelos fiscais, que chegaram a interditar 23 comércios

Correio Braziliense
postado em 14/12/2020 14:29
As aglomerações crescem, apesar do aumento da transmissão da doença -  (crédito: inervino Júnior/CB/D.A Press              )
As aglomerações crescem, apesar do aumento da transmissão da doença - (crédito: inervino Júnior/CB/D.A Press )

As aglomerações em estabelecimentos do Distrito Federal durante a pandemia da covid-19 são cada vez mais comuns, mas seguem sendo coibidas. A Secretaria DF Legal teve que intervir em 78 comércios por descumprimento às normas sanitárias somente entre a última sexta-feira (11/12) e domingo (13/12).

Os fiscais da pasta multaram 15 estabelecimentos, interditaram 23 e fecharam 40. Aglomerações, não uso de máscaras, falta de álcool em gel e pouco distanciamento foram as intercorrências mais encontradas.

As ações do DF Legal ocorreram em Samambaia, Asa Sul, Sudoeste, Sobradinho, Guará, Lago Sul, Asa Norte, Sol Nascente, Ceilândia, Águas Claras, Recanto das Emas, Paranoá, Gama, São Sebastião, Planaltina e Taguatinga. “São colocadas quatro equipes de plantão por turno em cada dia. Elas cobrem todo o Distrito Federal entre as 8h da manhã e as 3h da madrugada”, informou a pasta, em nota.

No fim de setembro, o DF Legal chegou à marca de 500 mil vistorias a estabelecimentos para avaliar protocolos sanitários de comércios da capital, e mais de 80 mil pessoas abordadas por ocasião do uso de máscaras. A legislação atual prevê multa de R$ 2 mil para quem se recusa a utilizar máscara. No caso de demais descumprimentos, a multa mínima é de R$ 3.628,00.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE