Taxa de ocupação de leitos UTI covid-19 chega a 86% no DF

Neste sábado (19/12), havia somente 17 leitos de UTI disponíveis no DF. Situação é mais preocupante nos leitos de para adulto, onde a ocupação chega a 90%

Alan Rios
postado em 19/12/2020 15:44
 (crédito: Davidyson Damasceno/IGESDF)
(crédito: Davidyson Damasceno/IGESDF)

Enquanto pesquisadores analisam a pandemia no Distrito Federal como um começo de segunda onda de casos e óbitos, a taxa de ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) destinados para covid-19 volta a crescer. Neste sábado (19/12), o DF chegou a ter 86% de ocupação total destes leitos, com somente 17 disponíveis.

A lista de espera por UTI covid registra, no começo desta tarde, 15 pacientes. A data de espera mais longa é do dia 16 de dezembro. A taxa de ocupação de leito adulto de UTI é a maior, chegando a 90%.

Ao todo, a Sala de Situação da Secretaria de Saúde mostra que o DF tem ainda 130 leitos de unidade de terapia intensiva ocupados e mais oito bloqueados, aguardando liberação. O Hospital de Base chegou a 100% de ocupação. A média de tempo nestes leitos chega a até 15 dias de permanência em 84,62% dos casos.

Uma nota técnica de pesquisadores do país, incluindo profissionais da Universidade de Brasília (UnB), alerta a situação crítica da pandemia no Distrito Federal. Segundo a pesquisa, o DF tem a segunda maior taxa de mortes do país em decorrência do coronavírus.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE