NOITE DA VIRADA

Para evitar aglomerações, GDF cancela queima de fogos no ano-novo

A poucas horas da virada, o GDF decidiu suspender o evento em uma tentativa de evitar aglomerações e possíveis contaminações pelo coronavírus

Jéssica Cardoso*
postado em 31/12/2020 12:56
 (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Depois de usar as redes sociais para anunciar uma queima de fogos para a chegada de 2021, o Governo do Distrito Federal (GDF) decidiu suspender a ação. Segundo a Secretaria de Economia do DF, o evento foi cancelado com a intenção de evitar aglomerações. A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) também confirmou o cancelamento em resposta ao Correio.

Os fogos seriam disparados na Praça do Buriti e na Esplanada dos Ministérios, como parte do projeto Brasília Iluminada, que segue até 17 de janeiro. No entanto, o GDF decidiu suspender o evento para garantir a segurança da população e evitar o contágio pelo coronavírus devido à aglomeração que poderia ser formada com a queima de fogos. De acordo com a pasta de Economia não se sabe, ainda, para onde os fogos comprados irão, mas eles devem ser remanejados para outra ação ao longo do projeto. O cancelamento oficial do evento será comunicado no Instagram do Brasília Iluminada.

Por causa da pandemia de covid-19, as tradicionais festas de fim de ano que ocorriam na Esplanada e na Prainha já estavam suspensas com o Decreto nº 41.482, publicado no Diário Oficial do DF em 18 de novembro. Em outubro, o secretário de Cultura, Bartolomeu Rodrigues, considerou que a capital federal não tinha condições sanitárias para realizar grandes festas públicas.

 

* Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE