TURISMO

Passeio por Brasília: moradores e visitantes curtem os pontos turísticos da cidade

Entre monumentos arquitetônicos e belezas naturais, as atrações são inúmeras, para todos os gostos e idades

Luana Patriolino
postado em 03/01/2021 07:00
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press            )
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press )

Nem mesmo a chuva atrapalhou aqueles que aproveitaram a tarde de ontem para passear pelos principais pontos turísticos da capital do país. A enfermeira Juliana Félix, de 38 anos, chamou o marido, o servidor público André Antonio Andrade, 39, para dar um passeio por Brasília. Os gêmeos Caio e Heitor, 8, foram os que mais gostaram da ideia. “Tinha muito tempo que a gente não saía de casa. Resolvi trazer os meninos para dar uma volta, eles estavam muito entediados”, diz Juliana.

Eles pararam na feirinha da Torre de TV para comer churrasquinhos e os tradicionais acarajés do local. O cachorrinho da família, Bento, não ficou de fora da diversão. Todos curtiram um dos pontos mais conhecidos e queridos da capital. “Eu adoro. Fico olhando os artesanatos e tudo por aqui”, detalha Juliana.

Depois de conferir as lojinhas da feira, tirar fotos, lanchar e correr com as crianças e o pet, o casal deu uma volta de carro pela Esplanada dos Ministérios para ver a decoração de fim de ano. “O sentimento é de dever cumprido e dia finalizado com sucesso”, frisa Juliana.

A família Serra teve a mesma ideia. Sem poder viajar por causa da pandemia do novo coronavírus, o comerciante Wanderley Serra, 50 , juntou toda a turma para fazer um tour pela cidade. A rota escolhida foi Torre de TV, Ponte JK e Lago Sul. Esse último destino, aliás, é o lugar favorito da família. “É uma das partes mais bonitas de Brasília. A gente sempre dá uma passada por lá”, afirma Wanderley.

Glaucia Serra, comerciante, 44, fala do amor pela capital. “Exceto o Wanderley, todos nós nascemos aqui, em Brasília, e, verdadeiramente, amamos a cidade”, conta, junto com os filhos Wanderley Serra Júnior, 21, Geovanna Serra, 13, e a caçula Maria Eduarda Serra, 9.

Carioca de nascimento e brasiliense de coração, Wanderley, atualmente, mora em Santo Antônio do Descoberto, no Entorno. Ele chegou no Distrito Federal há 40 anos e confessa que gostaria de explorar mais os pontos de Brasília. “É uma cidade bem aconchegante, com pessoas que gostam de se divertir. Também quero mostrar toda essa paisagem para os meus filhos e, apesar de morar perto, raramente a gente vem para esse lado de cá”, conclui.

Descobertas

A cada visita, uma nova experiência. A maranhense Rosimeire Lima, 58, se sente assim sempre que vem para a capital federal. Instalada na casa de uma irmã há uma semana, em Taguatinga, a secretária perdeu as contas de quantas vezes esteve no DF. No entanto, sempre encontra algo novo para descobrir. Dessa vez, foi a Ponte JK.

“Tem um turismo muito bonito em Brasília. Inclusive, esse lago aqui que, apesar de ter estado várias vezes na cidade, não tinha visto de perto”, afirma. “Tem muita coisa que eu nem vi ainda”, diz. Reunida com parentes, amigos e vizinhos, toda a turma está curtindo as belezas da cidade. A ideia, agora, é escolher um próximo destino, recheado de boas surpresas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE