Homicídio

Briga entre famílias de ciganos teria motivado assassinato no Paranoá

Informações preliminares da Polícia Civil apontam que a vítima teria matado um membro da família rival. A suspeita é de que os assassinatos entre as família tenham acontecido em vários estados do país

Darcianne Diogo
postado em 03/01/2021 20:56
Disparos mataram um homem e feriram três mulheres -  (crédito: Divulgação/Bombeiros)
Disparos mataram um homem e feriram três mulheres - (crédito: Divulgação/Bombeiros)

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga o assassinato de um homem, de 54 anos, e a tentativa de homicídio de outras três pessoas, de 28, 49 e 55 anos, na manhã deste domingo (3/1), na Feira do Produtor, no Paranoá. A suspeita é de que o crime tenha sido motivado por vingança entre famílias.

Três das vítimas são parentes e foram atingidas pelos disparos enquanto caminhavam entre as barracas da feira. Segundo as investigações conduzidas pela 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), o suspeito chegou ao local acompanhado de um comparsa em uma moto. Ao avistar o alvo, ele disparou e fugiu. O quarto baleado não era membro da família.

De acordo com o delegado à frente das investigações, Zander Pacheco, adjunto da 6ª DP, elementos colhidos revelam que a motivação do crime teria sido vingança. "Até agora, a informação que tivemos é de que a vítima matou alguém da outra família, mas tudo será apurado. Temos a identificação de um suspeito”, detalhou.

A rixa entre as famílias ciganas ocorrem há algum tempo, segundo afirmou o delegado. A suspeita é de que assassinatos entre os membros aconteceram em vários estados do país, como na Bahia.

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado para prestar os primeiros socorros às vítimas. O homem morreu no local. As demais foram encaminhadas ao hospital. Uma das mulheres, de 49 anos, sofreu várias perfurações pelo corpo e choque hemorrágico.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE