Santa Maria

Preso soldado do Exército flagrado atirando para o alto em festa no DF

Thalyson Silva, de 21 anos, é lotado no Quartel General e foi identificado pelos investigadores dois dias após o evento, em 27 de dezembro de 2020

Darcianne Diogo
postado em 04/01/2021 16:55 / atualizado em 04/01/2021 18:52
 (crédito: Reprodução)
(crédito: Reprodução)

Investigadores da 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria) prenderam, nesta segunda-feira (4/1), o soldado do Exército envolvido nos disparos que aconteceram em uma festa clandestina na região administrativa. O episódio ocorreu na manhã de Natal, em 25 de dezembro do ano passado, no Conjunto H da Quadra 204.

Thalyson Silva, de 21 anos, é lotado no Quartel General e foi identificado pelos investigadores dois dias após o evento, em 27 de dezembro. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. “Tínhamos a informação da autoria e, desde então, estávamos em contato com o Exército. Hoje (4/1), ele se apresentou no quartel e foi conduzido à delegacia para ser ouvido”, detalhou Paulo Fortini, delegado-adjunto da 33ª DP.

Em nota, o Centro de Comunicação Social do Exército informou que o soldado Thalyson Fideli da Silva apresentou-se nesta segunda-feira (4/1) no Comando Logístico, unidade onde serve, por final de período regulamentar de férias. "Após os procedimentos previstos na legislação em vigor, será custodiado em unidade militar carcerária, onde aguardará à disposição da Justiça Comum", reforçou a corporação.

Vídeos registraram a ação dos envolvidos. Pelas imagens, é possível ver que a festa contava com uma tenda, para abrigar os participantes em caso de chuva, e que a estrutura fechou o trânsito da rua, no Conjunto H. As músicas ficaram por conta de carros de som, e a maioria dos presentes aparece sem máscara de proteção facial — determinação imposta pelas autoridades locais para evitar a disseminação da covid-19.

Foragido

Um outro jovem envolvido nos disparos, segundo a polícia, permanece foragido. Na quinta-feira (31/12), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) divulgou a foto de Luca Matheus Ribeiro Lima, que também aparece no vídeo atirando para o alto.

procurado da polícia
procurado da polícia (foto: PCDF/Divulgação)

A PCDF pede para que, caso alguém tenha informação do suspeito, denuncie pelo número 197, disque denúncia da Polícia Civil. O sigilo é garantido.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE