Trânsito

Detran flagra 766 motoristas embriagados

» Jéssica Moura
postado em 04/01/2021 22:05

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) flagrou 766 motoristas embriagados nas vias da capital, durante a Operação Boas Festas. A ação, que começou em 16 de dezembro e terminou no último domingo, abordou 5.096 veículos, em todas as regiões do DF. Uma pessoa foi presa, por apresentar nível acima de 0,3 mg/litro de álcool no sangue. Nesta edição, a alcoolemia ao volante representa 15% das infrações. No ano anterior, a taxa foi de 29%

“Acredito que a gente pode falar que houve uma maior conscientização, mas é claro que o percentual está muito alto e longe do ideal, o ideal mesmo é zero”, ponderou o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito do Detran, Lucio Lahm. Dirigir alcoolizado é uma infração gravíssima, com multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Durante a operação, os agentes do Detran também autuaram 480 condutores sem carteira de habilitação e removeram 498 veículos ao depósito.

Rodovias

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) reforçou a fiscalização no feriado. Ao todo, 16 motoristas embriagados foram atuados nas BRs que passam pelo DF. No sábado, um condutor perdeu o controle do veículo na BR-070, em Taguatinga, e parou na contramão. O teste do bafômetro constatou que o homem havia bebido, e ele foi preso. Segundo balanço da PRF, houve queda no número de acidentes: foram 23 ocorrências, 23% a menos do que em 2019.

Doutor em segurança de trânsito, David Duarte alerta para a necessidade de conscientização da população. “As pessoas passam a correr mais, ficam com a visão tubular, não observam as laterais, tudo fica mais lento e os gestos imprecisos, o que pode significar uma colisão”, ressalta. “Bastam duas cervejinhas para dobrar o risco de acidente fatal, é uma campanha muito difícil”, completa David.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE