Capital S/A

"Seu tempo é curto. Por isso, não o desperdice vivendo a vida de outra pessoa." Steve Jobs

Samanta Sallum
postado em 05/01/2021 22:15
 (crédito: Reprodução/Redes Sociais)
(crédito: Reprodução/Redes Sociais)

Ballet Norma Lillia dará lugar a restaurante
O local que, por quase 50 anos, foi o endereço da dança em Brasília, na 108 Sul, será ocupado pelo restaurante Vasto, do grupo Coco Bambu. O prédio de dois andares que sediou o Ballet Norma Lillia Biavaty passará por reforma para abrigar a segunda unidade do Vasto, com capacidade para 240 lugares. A família decidiu vender o espaço e fechar a escola de dança. A bailarina Norma Lillia, de 74 anos, está afastada da escola há 3 anos e mora em Porto Alegre com um dos filhos. O local já foi um restaurante antes de o Ballet se instalar. Na época da construção de Brasília, tinha uma cozinha e espaço para servir refeições aos candangos.

 

Palco para música
Agora passará por uma reforma para receber uma nova cozinha. A capacidade de atendimento será o dobro da unidade do Brasília Shopping, em funcionamento desde março do ano passado. E terá um diferencial. A identidade visual será a mesma, mas no Vasto da Asa Sul haverá um palco para músicos. A inauguração está prevista para agosto. “Queremos oferecer música ao vivo, um bom jazz, deixando o ambiente ainda mais charmoso”, adianta Beto Pinheiro, um dos sócios da marca. O Vasto conta com uma proposta mais sofisticada de ambiente e de cardápio, que tem como maior atração os cortes especiais de carne.

 

Boa localização
Beto reverencia a tradição do endereço, tão importante para a história de Brasília. “Ficamos entre dois espaços, mas este nos pareceu o melhor, uma grande oportunidade pela localização”, conta.

 

Otimismo
O grupo Coco Bambu reafirma os planos de expansão no DF, onde já tem cinco casas. “Apesar da crise, continuamos acreditando em Brasília e no Brasil. Estamos otimistas. Esperamos que a vacinação melhore o cenário, deixe as pessoas mais seguras. E continuamos adotando todos os protocolos de prevenção contra o coronavírus.”


Expansão empresarial no setor da gastronomia
Os empresários e chefs da gastronomia em Brasília apostam em expansões para 2021. Lídia Nasser, que comemorou ontem 32 anos, vai abrir a terceira unidade do complexo gastronômico. Ao todo, o grupo reúne três restaurantes, uma lanchonete e uma confeitaria. Depois de Águas Claras e do Sudoeste, Lídia começa a expandir para o setor de shoppings. Está cuidando dos últimos detalhes do contrato com um bem conhecido em Brasília. O novo espaço será inaugurado em março e vai agregar três marcas do grupo: Empório Árabe Restaurante, Dolce Far Niente e Mayuu Sushi.

 

Cardápios variados na mesa
Lídia criou um formato empresarial que é sucesso. No mesmo espaço, oferece diferentes gastronomias, em ambientes temáticos, mas totalmente integrados: na mesma mesa, os clientes podem pedir pizza, um combinado de sushi e porções de esfihas, por exemplo. “Estamos motivados com esse novo endereço. Acreditamos que trará ainda mais visibilidade ao nosso complexo gastronômico”, afirma.

 

Hamburgueria e doces
O primeiro complexo em Águas Claras tem mais duas marcas do grupo: Dólar Furado Burger (hamburgueria temática) e Delicatus Confeitaria. A unidade do Sudoeste, que fará um ano em março, oferece os cardápios árabe, italiano e japonês. Os projetos dos ambientes são assinados pela arquiteta e irmã da chef, Tatiana Perides.

 

Talento de família libanesa
Lídia está completando uma década à frente do próprio negócio. Com talento nato para empreender, é de família libanesa e cresceu em um ambiente empresarial. Quando criança, acompanhava o pai e o ajudava no caixa em um pequeno empório em Taguatinga Norte — aberto em 2005 —, que mais tarde passou a funcionar como restaurante, com capacidade para 12 pessoas.

 

Piselli no lugar do Gero
Tradicionais restaurantes da cidade não conseguiram superar a crise provocada pela pandemia e fecharam as portas. O que causou tristeza, além de deixar saudades. La Massas, Bier Fass (ambos no Gilberto Salomão), Fritz e Oliver foram alguns. Mas Brasília resiste e se renova. Novos lugares vão abrir. No Shopping Iguatemi, será inaugurado ainda no primeiro semestre o luxuoso restaurante de São Paulo Piselli. Ocupará o espaço onde por 10 anos funcionou o Gero. O Piselli foi aberto pelo paulistano Juscelino Pereira, em 2004, no bairro Jardins, em São Paulo, e ocupa a entrada principal do Shopping Iguatemi de lá.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE