Eixo capital

Alexandre de Paula
postado em 14/01/2021 21:26
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

Tentativa de barrar Falso Negativo falha

Um dos alvos da Falso Negativo, que apura suspeitas de irregularidades na compra de testes rápidos no DF, tentou anular a operação, conduzida pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), por meio de um habeas corpus. A defesa dele alegou que a justiça local não tinha competência para julgar os casos, pois tratavam-se de recursos da União. Por unanimidade, a primeira turma criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) negou o pedido.


Tornozeleira

A defesa também tentou que a Justiça do DF liberasse o suspeito do uso de monitoramento eletrônico. Os alvos da operação tiveram as prisões preventivas revogadas, mas precisam seguir usando tornozeleiras. A primeira turma criminal também negou o pedido.

 

Em defesa do Museu da Bíblia

O GDF demonstrou, nos últimos dias, que está firme no propósito de construir o Museu da Bíblia no Eixo Monumental, com uma licitação prevista de R$ 26 milhões. A iniciativa foi muito criticada pela oposição. Nesta semana, porém, o secretário de Cultura do DF, Bartolomeu Rodrigues, saiu em defesa da construção do espaço. “Por ser um equipamento que evoca tema religioso, surgem questionamentos baseados em interpretações apressadas, muitas preconceituosas, que precisam ser desmistificadas. Antes de tudo, o projeto nasce dentro dos padrões museológicos mais rigorosos. Não se está pretendendo erguer um templo de fé e de orações”, afirmou o secretário.

 

Debate sobre as vacinas

A Comissão de Educação, Saúde e Cultura da Câmara Legislativa também terá como prioridade a discussão sobre as vacinas que serão usadas no Programa Nacional de Imunizações. A primeira audiência do grupo, que é presidido pela distrital Arlete Sampaio (PT), será com Maurício Zuma, presidente do Biomanguinhos, vinculado à Fiocruz, e que será responsável pela produção da vacina da Universidade de Oxford/AstraZeneca. O segundo encontro — que ocorrerá em janeiro, mas não tem data definida — receberá um representante do Butantan, que produz a CoronaVac.

 

Reforma

A ala de Queimados do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) passará por reforma. A tentativa de revitalização do espaço, que é referência nacional nesse tipo de tratamento, não é novidade, mas, agora, deve sair do papel. Os recursos para que as obras comecem foram liberados depois da aprovação pelo Ministério da Saúde de uma emenda de R$ 2,6 milhões da deputada federal Paula Belmonte (Cidadania).

 

Reclamações

Continua repercutindo entre as categorias a exclusão de profissionais da segurança e da educação dos grupos prioritários para a vacinação contra covid-19 no plano elaborado pela Secretaria de Saúde, seguindo parâmetros nacionais. Sobretudo na segurança, o assunto causou muitas críticas. Servidores alegam que passaram toda a pandemia expostos aos riscos da covid-19 para manter as corporações em atividade integral. O assunto deve permanecer rendendo nos próximos dias.

 

Cabo eleitoral

O deputado federal pelo DF Luis Miranda (DEM — foto) tornou-se um dos cabos eleitorais mais ativos de Arthur Lira (PP-AL) na disputa pela Presidência da Câmara. Miranda continua viajando com Lira para conseguir apoios. O detalhe importante é que o parlamentar do DF é do mesmo partido de Rodrigo Maia (DEM-RJ), que apoia Baleia Rossi (MDB-SP). Miranda, entretanto, decidiu ir na contramão do até então aliado.

 

Só papos

 

“Pessoas morrendo asfixiadas depois de quase um ano de pandemia. Não há maior prova de incompetência.”

Fernando Haddad (PT), candidato à Presidência da República
em 2018

 

“Não é incompetência. O que estamos vendo, em Manaus, são as consequências de crimes premeditados por Bolsonaro e seus cúmplices. “

Marcelo Freixo (PSol-RJ), deputado federal

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE