PROJETO VIRTUAL

Interditada desde 2014, Biblioteca Demonstrativa retoma atividades

A atividade de abertura, na segunda-feira, contará com uma solenidade de reinauguração virtual da biblioteca

Correio Braziliense
postado em 15/01/2021 06:00
 (crédito: Roberto Castro/MTur)
(crédito: Roberto Castro/MTur)

Interditada desde 2014 e com a reforma concluída, a Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria Conceição Moreira Salles, na 506/507 Sul, finalmente retorna às atividades com o projeto BDB Cultural, que preparou 15 meses de programação para ocupar o espaço. Enquanto durar a pandemia, o prédio continuará fechado ao público, mas, na segunda-feira, a programação semanal começa a ocorrer de forma on-line.

Quando as atividades voltarem ao normal, a programação seguirá na própria biblioteca, mas continuará sendo transmitida pelas redes sociais do BDB Cultural, como o Facebook (https:/www.facebook.com/bdbcultural) e o Instagram (https://www.instagram.com/bdbcultural). O site (http://bdbcultural.com.br), que ainda está fora do ar, também receberá transmissões e terá informações atualizadas sobre o projeto e a programação.

O BDB Cultural é um projeto da organização social Voar Arte Para a Infância e a Juventude, que foi selecionada por meio de chamamento público do Ministério do Turismo para coordenar a agenda cultural da Biblioteca. A Voar preparou uma programação com palestras, apresentações, exposições, oficinas e eventos, que começam na segunda e vão até o início de 2022.

Programação

A atividade de abertura, na segunda-feira, contará com uma solenidade de reinauguração virtual da biblioteca. A contadora de histórias Nyedja Gennari apresentará a história da instituição de forma lúdica. Na terça-feira, Gennari volta para fazer uma homenagem a Brasília.

A programação de janeiro segue com a primeira edição do festival BDB é Show!, no dia 25, com o espetáculo Jacá de cantiga, prosa e verso, da atriz, cantora e escritora Lilia Diniz. No dia 26, o primeiro encontro do ciclo de debates e palestras recebe Emir Suaiden, diretor do Departamento do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, e Ana Maria Souza, presidente do Programa Ibero-americano de Bibliotecas Públicas e coordenadora-geral do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, para uma conversa sobre o papel das bibliotecas públicas na sociedade.

No dia 29, haverá o primeiro sarau eletrônico, com música e poesia, sob a coordenação do poeta Mauro Rocha e dos curadores de artes cênicas, literatura e música do projeto.

Nos dias 23 e 30, haverá, ainda, aulas gratuitas de violão, para duas turmas diferentes. As inscrições para cada uma das turmas vão até os dias 22 e 28, respectivamente, por meio de formulário disponibilizado no site e nas redes sociais do projeto. As atividades do BDB Cultural ocorrerão sempre às 19h.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE