Pandemia

Covid-19: DF recebe, nesta sexta, mais dois pacientes de Manaus

Com aumento dos casos da doença e das internações na capital do Amazonas, hospitais da cidade do Norte do país ficaram sem oxigênio e o DF vai receber pacientes

Luana Patriolino
postado em 15/01/2021 11:03 / atualizado em 15/01/2021 14:17
O DF vai receber um total de 20 pacientes -  (crédito: MICHAEL DANTAS)
O DF vai receber um total de 20 pacientes - (crédito: MICHAEL DANTAS)

O Distrito Federal recebeu, na madrugada desta sexta-feira (15/1), mais uma das pessoas hospitalizadas em Manaus com necessidade de oxigênio. Com esse, o total de transferidos para o DF chegou a sete. Um oitavo paciente vai desembarcar em Brasília por volta das 16h. Os dois novos ficarão no Hospital Santa Lúcia Gama, antigo Hospital Maria Auxiliadora, na região administrativa de mesmo nome.

A previsão inicial é de que o Distrito Federal receba 20 pacientes da capital amazonense. Eles ficarão em leitos do Hospital Universitário de Brasília (HUB) e de hospitais particulares, pois o DF não tem capacidade para receber demandas de outras unidades da Federação na rede pública, como afirmou o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, na quinta-feira (14/1).

A capital do Amazonas enfrenta uma grave crise de saúde, com a explosão de novos casos de infecção pela covid-19, e registra aumento nas taxas de internação e mortes. As unidades de saúde manauara estão sem estoque de oxigênio. Os pacientes transferidos têm sido levados para outras partes do país, em um avião militar, e o Governo Federal vai custear o tratamento.

  • Trabalhadores da saúde usam roupas protetoras ao deixarem o corpo de uma vítima do novo coronavírus em um contêiner refrigerado do Hospital Público Vinte Oito de Agosto, unidade de tratamento de pacientes do COVID-19 em Manaus, Estado do Amazonas, Brasil, em 4 de janeiro de 2021
    Trabalhadores da saúde usam roupas protetoras ao deixarem o corpo de uma vítima do novo coronavírus em um contêiner refrigerado do Hospital Público Vinte Oito de Agosto, unidade de tratamento de pacientes do COVID-19 em Manaus, Estado do Amazonas, Brasil, em 4 de janeiro de 2021 Foto: Michel Dantas/AFP
  • Trabalhadores da saúde usam roupas protetoras ao deixarem o corpo de uma vítima do novo coronavírus em um contêiner refrigerado do Hospital Público Vinte Oito de Agosto, unidade de tratamento de pacientes do COVID-19 em Manaus, Estado do Amazonas, Brasil, em 4 de janeiro de 2021
    Trabalhadores da saúde usam roupas protetoras ao deixarem o corpo de uma vítima do novo coronavírus em um contêiner refrigerado do Hospital Público Vinte Oito de Agosto, unidade de tratamento de pacientes do COVID-19 em Manaus, Estado do Amazonas, Brasil, em 4 de janeiro de 2021 Foto: Michel Dantas/AFP
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE