COVID-19

Vídeos: Pacientes de Manaus chegam ao HUB nesta madrugada

Transporte foi feito fela FAB. Pronto-Socorro do hospital foi equipado para receber 15 pessoas da capital amazonense e agora conta com 20 leitos de enfermaria, todos com suporte de oxigênio

Correio Braziliense
postado em 17/01/2021 08:53 / atualizado em 17/01/2021 09:35
 (crédito: CB/D.A Press)
(crédito: CB/D.A Press)

O Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), recebeu, na madrugada deste domingo (17/1), 15 pacientes com covid-19 vindos de Manaus (AM), conforme anunciou em nota a administração do hospital (veja nos vídeos abaixo).

O transporte da capital amazonense foi feito pela Força Aérea Brasileira (FAB). De acordo com a FAB, uma aeronave C-99 transportando 15 pacientes, acompanhados de profissionais de saúde, decolou de Manaus às 23h25 (horário local) para Brasília (DF), chegando ao destino por volta de 3h10 (horário local). 

A infraestrutura e os insumos necessários para receber os pacientes foram preparados na Unidade de Pronto-Socorro do HUB, onde já funcionavam dez leitos exclusivos para covid-19. O espaço agora conta com 20 leitos de enfermaria, todos com suporte de oxigênio. Caso alguém precise de atendimento em UTI, já está prevista a transferência para hospitais da rede pública do Distrito Federal. O HUB tem sete ventiladores mecânicos disponíveis para manter esses pacientes até a disponibilização do novo leito.

Pessoal

A equipe que cuida do setor é formada por cerca de 140 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, psicólogos, assistente sociais e nutricionistas. Eles receberam com antecedência todas as informações sobre o estado de saúde de cada paciente. Além de tratar a doença, a equipe terá a missão de garantir o contato com os familiares, que ficaram em Manaus, por meio de chamadas de vídeo.

Segundo o hospital, o transporte em Brasília, da Base Aérea até o HUB, foi feito por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF). Os pacientes foram acompanhados por médico do serviço.

De acordo com a FAB

Operação

De acordo com o HUB, a transferência desses pacientes faz parte de uma operação coordenada pelo Ministério da Saúde e pela Força Aérea Brasileira (FAB). A ação conta com a parceria do Ministério da Educação, por meio da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh/MEC), que disponibilizou 205 leitos em nove hospitais universitários federais da rede. Até o momento, outras 32 pessoas já foram transferidas para o Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU-UFPI) e o Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA). Ao todo, 47 pessoas já foram transferidas.

HUB na pandemia

Em abril de 2020, o HUB criou um espaço para atendimento exclusivo de pacientes com covid-19, chamado Unidade de Manejo da Síndrome Respiratória Aguda Grave (USRAG). O local chegou a ter 40 vagas, entre leites de UTI e enfermaria. Desde o início da pandemia, o HUB já atendeu mais de 400 pacientes.

 
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE