Vacinação

No DF, há registro de 282 casos de reação à vacina contra a covid-19

As principais queixas são vermelhidão e/ou dor no local, dor de cabeça e febre. Até o momento, nenhum caso grave foi confirmado

Adriana Bernardes
postado em 05/02/2021 10:22 / atualizado em 05/02/2021 14:39
A orientação é para que se procure o posto de saúde caso sinta alguma reação -  (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
A orientação é para que se procure o posto de saúde caso sinta alguma reação - (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

A Subsecretaria de Vigilância à Saúde (SVS/SES) notificou ao menos 282 casos de reação à vacina contra a covid-19 no Distrito Federal. Os relatos são vermelhidão e/ou dor no local, dor de cabeça e febre. Até o momento, nenhum caso grave foi confirmado.

Todos os casos estão sendo investigados para comprovar se realmente têm relação com o Evento Adverso Pós Vacinação (EAPV). A Vigilância à Saúde reforça o pedido para que todos os que tiverem alguma reação após receber a dose do imunizante contra a covid-19 retornem ao mesmo posto de vacinação e comuniquem às equipes de vacinação.

No DF, a imunização de idosos com 80 anos ou mais começou na segunda-feira (1º/2). Profissionais de saúde da linha de frente começaram a receber as doses contra a covid-19 em 19 de janeiro. 


Se você tem 80 anos ou mais, deve procurar um posto de saúde ou drive-thru mais perto de casa para ser imunizado. Até o momento, há 41 pontos de vacinação contra o coronavírus na capital.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE