Violência

Pedófilo é preso com pornografia infantojuvenil em Planaltina

A ação ocorreu na manhã desta sexta-feira (12/2), por meio da Operação Coleciona-Dores, da DRCC

Sarah Peres
postado em 12/02/2021 11:35 / atualizado em 12/02/2021 13:24
Suspeito foi detido na casa na qual morava com a mãe -  (crédito: Divulgação/PCDF)
Suspeito foi detido na casa na qual morava com a mãe - (crédito: Divulgação/PCDF)

Um homem acabou preso em flagrante na manhã desta sexta-feira (12/2), em uma operação voltada ao combate aos crimes de pedofilia e armazenamento de pornografia infantojuvenil. O suspeito, 29 anos, foi detido na casa na qual morava com a mãe, em Planaltina, por meio de ação da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC).

Policiais civis cumpriram, no início da manhã, um mandado de busca e apreensão na residência do pedófilo. Os agentes contaram com apoio de especialistas do Instituto de Criminalística (IC) — os quais auxiliaram na identificação do armazenamento dos materiais de estupro de crianças e adolescentes.

“A investigação é um desdobramento de uma série de apurações envolvendo o crime de pedofilia. Na casa, o indivíduo confessou que armazenava e compartilhava esses materiais pornográficos de crianças e adolescentes. O que chamou a nossa atenção foi o meio onde esse homem vivia, em meio ao lixo e à sujeira. Era até difícil acreditar que uma pessoa poderia residir naquele espaço”, destaca o delegado Dário Taciano de Freitas Junior, responsável pelo caso.

“Durante a ação, nossa equipe encontrou materiais relacionados à pedofilia infantil armazenados em HD externo de informática, comprovando a versão já apresentada pelo suspeito. Diante dos fatos, o acusado foi conduzido até a delegacia para prestar esclarecimentos sobre o armazenamento e compartilhamento do conteúdo pornográfico criminoso. Ele foi recolhido à carceragem da Polícia Civil”, explica o investigador.

O acusado responderá pelo artigo 241-B da Lei nº 8.069, do Estatuto da Criança e do Adolescente, que determina como crime “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.” A pena varia de um a quatro anos de reclusão e multa.

Esta é a quinta fase da Operação Coleciona-Dores, iniciada em 2020 pela DRCC. O nome de batismo da ação é oriundo da dor causada às vítimas de pedofilia. 

  • O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina
    O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina Foto: PCDF/Divulgação
  • O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina
    O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina Foto: PCDF/Divulgação
  • O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina
    O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina Foto: PCDF/Divulgação
  • O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina
    O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina Foto: PCDF/Divulgação
  • O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina
    O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina Foto: PCDF/Divulgação
  • O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina
    O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina Foto: PCDF/Divulgação
  • O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina
    O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina Foto: PCDF/Divulgação
  • O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina
    O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina Foto: PCDF/Divulgação
  • O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina
    O suspeito, de 29 anos, é usuário de crack e mora com a mãe em Planaltina Foto: PCDF/Divulgação
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE