Média móvel de mortes por covid tem segundo dia de recorde no DF

O aumento é de 144% em relação a 14 dias atrás. A quantidade de casos, no entanto, continua estável

Correio Braziliense
postado em 28/03/2021 20:03

O Distrito Federal continua com a média móvel de mortes crescendo a cada dia. Neste domingo (28/3), o índice bateu recorde pelo segundo dia consecutivo, com uma média de 53,57 óbitos nos últimos sete dias. A máxima, até então, era de 51,71, no sábado. O aumento foi de 144% em relação a 14 dias atrás.

De acordo com Breno Adaid, professor do Centro Universitário Iesb, doutor em administração e especialista em análises de dados e quantitativos estatísticos, houve uma mínima redução no número de casos, comparado ao valor registrado há duas semanas. Contudo, se os registros continuarem crescendo, a tendência é que o DF atinja um número maior do que em agosto do ano passado.

A quantidade de casos, no entanto, diminuiu 3,14% em relação a duas semanas atrás. A tendência é de queda, pois a taxa de transmissão está em 0,91. No entanto, com a reabertura do comércio, dos restaurantes e bares, prevista para amanhã (29/3), deve-se retomar a alta, de acordo com Adaid.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE