Pandemia

Covid-19: DF tem 15 leitos de UTI vagos na rede pública de saúde

Segundo o site InfoSaúde, do GDF, a taxa de ocupação nos hospitais públicos está em mais de 96%, considerando as Unidades de Terapia Intensiva (UITs) de pacientes adulto, pediátrico e neonatal

Pedro Marra
postado em 04/04/2021 23:31
 (crédito: Iges-DF/Davidyson Damasceno)
(crédito: Iges-DF/Davidyson Damasceno)

A rede pública de saúde do Distrito Federal está com 15 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) vagos, com uma taxa de ocupação em mais de 96%, considerando o atendimento para paciente adulto, pediátrico e neonatal. Os dados foram atualizados às 19h10, deste domingo (4/4), pela Secretaria de Saúde (SES-DF).

Entre todos os 430 leitos de UTI de covid-19 dos hospitais públicos brasilienses, 389 têm pacientes internados com a doença e 26 aguardam liberação. Não há unidades bloqueados. Na rede privada, a taxa de ocupação de leito adulto de UTI para a doença está em 99,2%, conforme divulgação dos números às 19h10 de hoje.

Em toda a rede particular de hospitais do DF, há somente três unidades vagas para adultos. Do total de 434 leitos (adulto, pediátrico e neonatal), 424 estão ocupados e sete encontram-se bloqueados. Há também somente dois leitos de UTI pediátrico para tratamento da doença, com ambos ocupados por pacientes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE