Obituário

Covid-19: Morre, aos 68 anos, a professora e jornalista Beth Brandão

A docente estava internada há 11 dias, mas sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. O óbito foi confirmado nesta quarta-feira (7/4)

Caroline Cintra
postado em 08/04/2021 17:29 / atualizado em 08/04/2021 20:22
 (crédito: Arquivo Pessoal)
(crédito: Arquivo Pessoal)

Morreu, nesta quarta-feira (7/4), a professora e jornalista Elizabeth Pazito Brandão, 68 anos, em decorrência de complicações da covid-19. Beth estava internada há 11 dias, e, segundo amigos próximos, ela esperava autorização de algum familiar para passar por uma traqueostomia mas, após sofrer uma parada cardíaca, não resistiu e veio a óbito.

Filha única e sem filhos, Beth morava com a mãe, Yvone Brandão, 94, mas quando soube que estava com coronavírus, mandou-a para a casa de uma amiga para evitar contato e infecção.

Ela atuou como docente na Universidade de Brasília (UnB) e no Centro Universitário IESB. Amiga de longa data, a professora de audiovisual Rose May Carneiro, 52, lembra de Beth com muito carinho. “Soube ontem da morte dela. É difícil falar de uma pessoa no passado, mas ela era uma mulher, uma profissional que não parte sem deixar uma história, um legado e muita saudade”, disse.

Nas redes sociais, amigos de Beth prestaram as últimas homenagens. “Sentirei muitas saudades de nossas produtivas e provocativas conversas sobre comunicação, sobre educação e, sobretudo, sobre a vida”, publicou o professor João José Curvello. Em outra mensagem, uma amiga disse “tenho certeza que cumpriu sua missão aqui na Terra. Você fez diferença na vida de tantas pessoas, inclusive na minha”.

Diretora da Faculdade de Comunicação da UnB, a professora Dione Oliveira Moura publicou uma homenagem póstuma à Beth no site da universidade. “Era uma pessoa cheia de vida, alegre, divertida e, sobretudo, plena de coragem. De modo franco, era sempre assertiva em seus comentários quando comprovava conhecer profundamente sua área de atuação, especialmente a Comunicação Pública e a Comunicação Organizacional”, diz o texto.

Como a causa da morte da professora foi covid-19, não haverá velório.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE