Violência contra a mulher

Ex-companheiro ameaça mulher e sobrinho dela dá tiros para o alto

Arma foi apreendida e homem foi preso. Vítima ingressou com pedido de medida protetiva de urgência

Jéssica Moura
postado em 12/04/2021 14:09
 (crédito: Divulgação/PMDF)
(crédito: Divulgação/PMDF)

Durante a madrugada desse domingo (11/4), após presenciar uma discussão entre a tia e o ex-companheiro dela, um rapaz de 27 anos deu dois tiros para o alto no meio da rua. O caso ocorreu na comunidade Queima Lençol, na Fercal.

Segundo o relato da mulher de 40 anos à Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), o homem foi à casa dela para ameaçá-la. O rapaz confirmou que atirou para cima para apartar o ex-casal. Mesmo com a documentação em dia, a arma foi apreendida pelos militares.

O autor da ameaça foi levado para a 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho) e vai responder por violência doméstica. A mulher fez um pedido de medida protetiva de urgência.

Restrição urgente

Nesses casos, o pedido para essas medidas deve ser encaminhado a um juiz no prazo de 48 horas. Nesse período, a medida protetiva pode ser concedida imediatamente, sem a necessidade de uma audiência entre a vítima e o agressor, que pode ter a prisão preventiva decretada.

Se forem concedidas, as medidas restritivas incluem o afastamento do agressor da vítima, seus familiares e testemunhas e qualquer contato com eles é proibido.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE