Eixo capital

Correio Braziliense
postado em 30/04/2021 21:54
 (crédito: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
(crédito: Ana Rayssa/CB/D.A Press)

Mortalidade por covid-19 avança entre jovens

O avanço da mortalidade entre jovens por decorrência da covid-19 é uma das grandes preocupações atuais no combate à pandemia. Com a segunda onda e as novas variantes, o crescimento dos números entre essa faixa da população é alarmante. Em 30 de setembro, a mortalidade, na faixa entre 20 e 29 anos, era de 5,5 a cada 100 mil habitantes. Agora, em 29 de abril, o número chegou a 14,4. Na comparação com março, o salto também impressiona; no dia 31, a taxa estava em 9,3.


Pecúnias

Apesar de terem sido extintas em 2019, as pecúnias ainda dão despesas para o GDF. Isso porque quem tinha direito a recebê-las antes disso — aposentados e pensionistas — continua tendo acesso ao benefício que convertia licenças-prêmio não usufruídas em pagamentos. Só a Saúde destinou, nesta semana. R$ 8,5 milhões para esse tipo de gasto. À época, a extinção das pecúnias foi vista como uma vitória importante do governo Ibaneis, pois precisou enfrentar categorias.


Luto

O governador Ibaneis Rocha sancionou, ontem, lei que cria Dia Distrital de Luto e Memória pelas Vítimas do Novo Coronavírus. A iniciativa foi proposta pelo deputado distrital João Cardoso. Nesta semana, o Brasil ultrapassou as 400 mil mortes pela covid-19. No DF, o número passa de 7 mil. Segundo o deputado, a ideia era “registrar, definitivamente, no calendário do DF, uma tragédia de ordem sanitária que tem afetado todo o planeta”.


Social

Uma frente de um grupo conservador bolsonarista começou a investir em ações socias no DF. Eles desenvolveram ações voltadas para pessoas em situação de vulnerabilidade por causa dos impactos da pandemia no DF. A iniciativa distribuiu cestas básicas no Sol Nascente e na Estrutural, além de marmitas para pessoas em situação de rua no Setor Comercial Sul. Com a chegada do inverno, a ideia é arrecadar cobertores e alimentos para seguir com o projeto. Os recursos são angariados por meio do perfil nas redes sociais do Movimento Conservador — Brasília.

 

Nova frente

Depois de se reunir com representantes de conselhos comunitários de várias regiões do país, a deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) protocolou pedido de criação de uma frente parlamentar para representar os grupos, além de ter apresentado, antes, um projeto que os regulamenta. Os grupos, formados por pessoas da comunidade, discutem ações de apoio às forças de segurança locais.

 

Esclarecimentos

Constantes trocas no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável por avaliações e indicadores da educação brasileira, preocupam parlamentares e especialistas da área. O órgão teve cinco presidentes na gestão Bolsonaro. A senadora Leila Barros (PSB-DF) protocolou requerimento para que o ministro Milton Ribeiro dê informações sobre a garantia da continuidade e da qualidade nas atividades do Inep.

 

Só papos

“O presidente Rodrigo Pacheco está errando, está sendo irresponsável, porque está assumindo a possibilidade de, durante os trabalhos dessa CPI, acontecerem mortes em função da covid-19.”

Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), senador


“A família Bolsonaro sempre foi contra o isolamento social. Agora, Flávio Bolsonaro defende a medida. O objetivo? Tentar acabar com a #CPIdaPandemia. É muita hipocrisia!”

Arlete Sampaio (PT), deputada distrital

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE