Capital S/A

~Se você traçar metas absurdamente altas e falhar, seu fracasso será muito melhor DO que o sucesso de todos. James Cameron, cineasta

Samanta Sallum
postado em 02/05/2021 23:14

Pacote do GDF prevê desoneração tributária
Será baseado em dois pilares o pacote de medidas do GDF para enfrentar a crise econômica causada pela pandemia. No redirecionamento dos gastos públicos para que possibilite aumento direto e imediato do poder de consumo da população. E na desoneração tributária e facilitação de pagamento de impostos. As fontes do governo destacam que o benefício será direcionado a setores empresariais que realmente estão em situação crítica.

Mudanças na LDO
Parte das medidas terá de passar pela aprovação da Câmara Legislativa, como por exemplo as alterações necessárias à LDO. O pacote está sendo finalizado e atenderá a demandas do setor produtivo. Vai reaquecer a economia local para garantir a geração de empregos. “Essa é uma das prioridades do governador Ibaneis Rocha e eu e minha equipa técnica estamos empenhados nisso, com a contribuição também dos deputados distritais”, destaca o secretário de Economia do DF, André Clemente.

Para surpreender
Diante do aumento de empresas em falência e do desemprego na capital, o GDF tem pressa e vai anunciar o pacote de medidas nesta semana. Será apresentado às entidades que representam o setor produtivo. “Não podemos ser irresponsáveis nesta hora, temos de manter o equilíbrio das contas públicas. Mas será algo bastante inovador e eficiente, que poderá ser referencia para outras capitais do país”, adianta Clemente.

Restaurantes clamam por extensão de horário
O novo pacote do GDF não vai tratar especificamente de horários de funcionamento do comércio. Mas a Abrasel e o Sindhobar alegam que o atual horário permitido para o setor estrangula a operação do almoço nos restaurantes dos shoppings e do jantar nos do comércio de rua.

Toque de recolher a partir de meia-noite
As entidades sugerem abrir os shoppings 11h para os restaurantes nestes locais poderem pegar o movimento do almoço. Passar o toque de recolher para 24h e deixar os restaurantes e o delivery funcionando até 23h.

Demissões
No acumulado de março de 2020 a abril deste ano, 4,2 mil empresas do setor encerraram as atividades, o que gerou 30 mil demissões em hotéis, restaurantes, bares e similares.

Quem tem medo do corona?
Moradores das regiões Centro-Oeste e Norte são os que menos têm medo da pandemia. Apenas 44% expressam temer o coronavírus. Enquanto quem vive no Sudeste é mais cauteloso (61%). É o que aponta a Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), encomendada ao Instituto FSB.

Mulheres e ensino superior
A mostra aponta que 56% dos brasileiros estão com grande medo da pandemia. Esse sentimento é bem maior entre as mulheres (63%, ante 49% entre os homens) e entre quem possui ensino superior (66%). A pesquisa entrevistou 2.010 brasileiros entre os dias 16 e 20 de abril.

Saber Imobiliário: comunicação para corretores
O Sistema Cofeci-Creci realiza uma nova edição do Saber Imobiliário, evento on-line que capacita corretores para inovações e transformações que ocorrem no mercado de imóveis. A edição 2021 acontece de hoje a quinta-feira, das 19h30 às 21h30. A participação é gratuita e o evento emitirá certificado para os participantes. “Nesta edição vamos focar no tema comunicação entre os corretores e todos os seus públicos-alvo”, conta o presidente do Cofeci, João Teodoro. Programação completa e inscrições pelo sitewww.projetosaberimobiliário.com.br.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE