crime

Ladrões de carro são encontrados com ajuda de GPS de celular

O automóvel foi roubado em Águas Claras e encontrado em Vicente Pires graças ao serviço de geolocalização do celular, que ficou dentro do carro durante a ação dos criminosos

Correio Braziliense
postado em 18/05/2021 09:54
Ladrão foi encontrado na varanda de um prédio e reconhecido pela vítima -  (crédito: Divulgação/PMDF)
Ladrão foi encontrado na varanda de um prédio e reconhecido pela vítima - (crédito: Divulgação/PMDF)

A Polícia Militar prendeu uma dupla de ladrões na noite deste domingo (16/5), depois de roubarem um carro em Águas Claras. Eles não contavam que o celular do dono do veículo tinha ficado dentro do automóvel e, com as informações de geolocalização do aparelho, os militares chegaram aos autores do roubo.

Os jovens de 18 e 20 anos abordaram a vítima por volta das 23h. Com um revólver calibre 38, eles ameaçaram e renderam o proprietário antes de levar o carro. Minutos depois, a vítima pediu ajuda aos policiais militares que passavam próximo ao local do roubo.

O homem contou aos policiais que o celular havia ficado no veículo roubado. Foi então que eles buscaram pelo sinal de GPS do telefone para localizar os ladrões. Durante o roubo, os ladrões encontraram o aparelho, quebraram o celular e o descartaram na rua 4B de Vicente Pires.

Os policiais foram até o local, e, na varanda do prédio em frente ao ponto onde estava o celular, estava também um dos assaltantes, que foi reconhecido pela vítima.

O homem foi preso em flagrante logo em seguida e confessou que escondeu o carro roubado em um estacionamento próximo, em uma churrascaria na EPTG. Pouco depois, o cúmplice também foi localizado.

Os dois foram levados para a 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro) e vão responder pelo roubo. Um deles possui antecedentes criminais por porte de arma de fogo, roubo, furto e receptação.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE