CELEBRAÇÃO

Monumentos de Brasília são pintados em homenagem ao Dia do Orgulho LGBT+

Iniciativa faz parte do projeto Brasília - Cidade Orgulho, que pretende celebrar o 28 de junho, Dia do Orgulho LGBT+. Saiba onde conferir as intervenções pela cidade

Thiago Guimarães*
postado em 23/06/2021 17:25 / atualizado em 23/06/2021 18:48
 (crédito: Bárbara Malvar / Brasília Orgulho)
(crédito: Bárbara Malvar / Brasília Orgulho)

Quem anda por Brasília deve ter percebido que alguns monumentos da cidade mudaram e foram decorados com as cores do arco-íris, da bandeira LGBT. A Escadaria da Torre de TV, a Ponte dos Cadeados no Parque da Cidade, por exemplo, ficaram muito mais coloridas. A iniciativa faz parte do projeto Brasília - Cidade Orgulho que pretende celebrar 28 de junho, Dia do Orgulho LGBT+.

Igor Albuquerque , 29 anos, produtor executivo da Associação Brasília Orgulho, afirma que “esse projeto é inédito em toda América Latina”. Fato que lança Brasília como uma das cidades mais amigáveis à causa LGBT do mundo, segundo ele. De acordo com Igor, as obras espalhadas pela cidade são uma forma de levantar a discussão a respeito do preconceito à comunidade LGBT sem promover aglomeração.

O microempreendedor Binho Miranda acredita na importância das intervenções: “Acho muito importante celebrar o mês do orgulho LGBTQIA+, divulgar o respeito que todos merecem, ainda mais em tempos de ódio. Acho super válido”. O projeto contou com o aval do poder público, por meio da Administração do Parque da Cidade, do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER) e da Secretaria de Turismo (Setur), que reconhece a importância das obras à comunidade LGBTQIA+.

As intervenções vão permanecer até 28 de junho e podem ser vistas ao redor de Brasília nos seguintes pontos:

  • Parque da Cidade (estacionamentos 10 e 13)
  • Torre de TV
  • Ponte JK
  • Museu da República
  • Canteiro central da Esplanada dos Ministérios
  • Túnel da Rodoviária do Plano Piloto.

A partir de sábado, haverá uma projeção no Palácio do Buriti e, no dia 28, no Congresso Nacional. Igor ainda diz: “Mostrar isso para o Brasil e o mundo é muito importante, com grande impacto no turismo e economia local”.

* Estagiário sob supervisão de Mariana Niederauer

  • Bárbara Malvar / Brasília Orgulho
    Bárbara Malvar / Brasília Orgulho Foto: Bárbara Malvar / Brasília Orgulho
  • Descrição: 17/06/2021 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Parque da Cidade, Projeto Brasília Cidade Orgulho, pintou um calçada com as cores que simboliza o movimento LGBT.
    Descrição: 17/06/2021 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Parque da Cidade, Projeto Brasília Cidade Orgulho, pintou um calçada com as cores que simboliza o movimento LGBT. Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
  • Descrição: 17/06/2021 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Parque da Cidade, Projeto Brasília Cidade Orgulho, pintou um calçada com as cores que simboliza o movimento LGBT.
    Descrição: 17/06/2021 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Parque da Cidade, Projeto Brasília Cidade Orgulho, pintou um calçada com as cores que simboliza o movimento LGBT. Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE