Economia

Apesar de desemprego em 19,4%, setor de vendas contrata em julho

Agências do trabalhador ofertam 351 vagas nesta terça-feira (6/7). Salários podem chegar a R$ 4 mil. Confira

Correio Braziliense
postado em 06/07/2021 10:50 / atualizado em 06/07/2021 10:55
 (crédito: Minervino J?nior/CB/D.A Press)
(crédito: Minervino J?nior/CB/D.A Press)

Nesta terça-feira (6/7), 351 vagas de emprego são ofertadas nas agências do trabalhador. Ao todo, 51 oportunidades são para vendedores e outras 30 para promotores. Os salários variam entre R$ 1,1 mil e R$ 1,6 mil, mais benefícios.

Em maio, a taxa de desemprego encolheu no Distrito Federal em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo a Companhia de Planejamento (Codeplan), e ficou em 19,4%. Mesmo com a taxa ainda elevada e 320 mil pessoas desempregadas, o setor de vendas tem conseguido aumentar a procura por trabalhadores no período.

Os maiores salários são oferecidos para os cargos de maître (2), no valor de R$ 4 mil; ladrilheiro, que receberá R$ 3,5 mil, e auxiliar de marceneiro (4) e marceneiro (2), para os quais são ofertados R$ 3,2 mil.

Há oferta para outras vagas como ajudante de obras (10), auxiliar de cozinha (10), cumim (10), ladrilheiro (15), bombeiro hidráulico (17) e carpinteiro (25). Para essas áreas, as remunerações variam entre R$ 7,90 ao dia e R$ 3,5 mil, mais benefícios.

Também há chances para outras profissões menos frequentes: uma para preparador físico, uma para modelista e quatro para massoterapeutas.

Os interessados em uma dessas vagas devem procurar uma das 14 agências do trabalhador, de segunda a sexta, das 8h às 17h. As dúvidas podem ser sanadas pelo telefone (61) 99209- 1135.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE