Habitação

Conplan aprova parcelamento de lotes no Parque das Bençãos

Setor Habitacional poderá ter mais de 6 mil residências. Área abrange dois projetos urbanísticos em andamento e deve abrigar mais de 19 mil habitantes

Jéssica Moura
postado em 09/07/2021 10:59 / atualizado em 09/07/2021 11:00
 (crédito: Divulgação/Seduh-DF)
(crédito: Divulgação/Seduh-DF)

O Conselho de Planejamento Territorial Urbano do Distrito Federal (Conplan) aprovou o projeto de parcelamento do solo do Polo Logístico do Recanto das Emas e do Centro Urbano do Setor Habitacional Parque das Bênçãos. Com a medida dessa quinta-feira (8/7), até 6.053 residências poderão ser erguidas para uma população estimada em 19.975 habitantes.

A área abrange dois projetos urbanísticos em andamento: o Polo Logístico do Recanto das Emas e o Centro Urbano do Setor Habitacional Parque das Bênçãos. No Polo Logístico está prevista a edificação de 97 lotes comerciais, e no Setor Habitacional, as casas.

Um dos acessos ao empreendimento será pela BR-060 e o outro, pela DF-001. Está prevista ainda a construção de uma via que ligue Samambaia e Recanto e também uma ciclovia.

O projeto do Setor Habitacional Parque das Bençãos é composto por quatro trechos: 1, 2, 3 e 4, cuja área possui aproximadamente 503,40 hectares, ficando localizado em ambas as margens do córrego Estiva, em terras que eram da Terracap.

O Parque da Bênçãos está situado entre Samambaia e Recanto das Emas, onde estão previstas obras do programa Morar Bem, destinadas a famílias que ganham até cinco salários mínimos. Em 2015, a proposta inicial era abrigar até 90 mil pessoas na região.




Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE