GASTRONOMIA

Shopping emplaca novas grifes

Com Chicago Prime, Vinalla e Café Kopenhagen previstos para abrir até dezembro, Casapark terá 15 em operação

Liana Sabo
postado em 15/07/2021 22:17
 (crédito: Rafael Facundo/Divulgação)
(crédito: Rafael Facundo/Divulgação)


Prestes a completar 21 anos, maturidade suficiente para alçar novos voos e fazer valer a vontade de diversificar ainda mais o escopo gastronômico, o CasaPark lança a promoção anual de descontos sob o nome Liquidecora. As ofertas vão até 15 de agosto. O público poderá aproveitar as vantagens oferecidas não só pelas lojas de decoração, por meio do site vitrine.casapark.com.br, como também pelos cafés, lanchonetes, restaurantes e quiosques do centro comercial. São 12 operações atualmente, mas, até o fim do ano, serão 15.

Quem anuncia é Ivana Valença, diretora de Marketing, para quem “a maturidade é o que permite o convívio de marcas especializadas em design de mobiliário e acessórios com operações de gastronomia diversificadas”. “Trazer para o shopping o restaurante de carnes especiais Chicago Prime, a loja de vinhos Vinalla e o Café Kopenhagen nos pareceu um caminho natural”, conta. Segundo ela, as três grifes começam a funcionar neste semestre, “bem como outras novidades, como a Livraria da Travessa e o Centro Cultural Casapark”.

Sete anos depois de fundar na 114 Sul a steakhouse Chicago Prime, que só trabalha com cortes Black Angus, Ana Carolina Chaer se vê às voltas com a montagem de mais duas operações. Na área de embarque do Aeroporto Internacional de Brasília, serão vendidos espetinhos e pratos executivos. O restaurante abrirá ao público em 15 dias, antes mesmo que o do shopping. “No espaço ocupado pelo Carpe Diem, com cerca de 100 lugares distribuídos até perto da escada rolante, teremos um ambiente aberto e aconchegante, cheio de plantas, serviço à la carte, parrilla à vista e o cardápio completo do Chicago Prime”, promete Carol para a quarta unidade da rede — a segunda funciona na QI 11 do Lago Sul. Atingida pela crise causada pela pandemia e por problemas administrativos, a grife fechou as lojas de Águas Claras e da Asa Norte.

A Vinalla abrirá em outubro, no primeiro andar, em parceria com a Travessa, pois “haverá passagem direta para a livraria no mesmo espaço que foi ocupado pela Cultura”, explica Gabriela Alcoforado, sócia-proprietária da adega, que reúne 724 rótulos. Além de vinhos, funcionará um bistrô com o mesmo menu oferecido na loja do Gilberto Salomão, que tem, entre outros pratos, torradinhas com pasta de sirigado e sagu de vinho; magret de pato, risoto de queijo brie e maçã flambada; ravióli de pato; e alguns filés, como o que vem acompanhado de purê de batata-doce e gengibre.

Resgate do mar

Por enquanto, a novidade do shopping é o Bardot — Cozinha & Café, que abriu no último dia de 2020 e, pouco tempo depois, deixou de funcionar por causa do lockdown. Especialista em montagem de restaurantes, o proprietário Ricardo Poli não é um estranho no pedaço. Em 2008, comandou em um belo projeto do arquiteto André Alf, instalado no primeiro andar, o restaurante Laguna, dedicado a frutos do mar. Ele anuncia que, agora, resgata especialidades feitas com as iguarias. De fato, o prato que estreia no Liquidecora Gourmet é um combinado para o almoço, com salada caesar de entrada; camarão na minimoranga acompanhado de arroz de maçã e batata palha, no principal; e torta de limão ou pudim na sobremesa. Ainda faz parte uma bebida, que pode ser tanto água quanto uma taça de vinho tinto ou branco, por R$ 82.

O acesso externo da loja — onde ficava La Boulangerie — permite ao Bardot colocar mesas na calçada e até ombrelones funcionando como bar, das 16h às 23h. “Teremos um cardápio pequeno, com destaque para as ostras frescas com chope Heineken, nas quintas-feiras”, prevê Poli, que aposta em pratos tradicionais de confecção caseira, como moqueca, filé, salmão com alcaparra e champignons servido com arroz de brócolis e batata sauté, além de risotos de frutos do mar, camarão e cogumelos.

A Casa Baco também apostou em pratos marítimos, como o arroz de polvo, escoltado por uma torta de chocolate como sobremesa, por R$ 89,90. O Marietta Italia Caffè criou um combinado no qual o cliente pode escolher entre o frango à romana e à toscana, acompanhados de arroz e salada, por R$ 33, com direito a refrigerante. Também de frango é a parmegiana que o Hum Burguer oferece com arroz branco e batata frita, mais brownie e soda italiana por R$ 37,80. Para o jantar, a sugestão é o trio de hambúrguer, batata frita e milkshake por R$ 48,80. E, no Marvin, tanto no almoço como no jantar, há um Colorado Burguer com fritas e refri por R$ 40.

No centro do shopping, a deliciosa grife de sorvete Saborella, que também trabalha com comidinhas, propõe, para o almoço, o combinado panqueca de carne, caponata ou mista, suco de limão, um sorvete pequeno e um espresso por R$ 42. Já o lanche sai por R$ 39, com sanduíche, sorvete e espresso. O público também poderá se deliciar com enroladinho assado, mousse e café (R$ 15) no Doce Bistrô; com fatia de torta de banana ou de chocolate e uma xícara de espresso (R$ 20,45) no Kaebisch; com uma jarra de café para três e tostex de pão de queijo (R$39,75) no Scada Café; ou, ainda, escolher três dos seis sabores de paletas mexicanas (R$ 20) na Viva Paleteria.

Negócio em família

Quando foi inaugurado o Casapark, no início do século — 3 de agosto de 2000 —, o diretor Ivan Valença disse: “É um lugar onde o arquiteto compra do carpete ao quadro da parede”. Vinte e um anos mais tarde, o espaço é muito mais, pois incluiu cinema, restaurantes e feiras de artesanato nos fins de semana, mantendo o mesmo rigor estético da concepção original, que dá espaço ao verde.

Na noite de inauguração, o pioneiro baiano Ivani Valença, recebeu os aplausos pela entrega do shopping à cidade e disse humildemente: “Sou apenas o jardineiro daqui”. Foi ele quem cuidou de todas as plantas e as levou para a obra, atesta a neta Carol, que trabalha com a mãe, Ivana, no marketing — cujo superintendente é o tio Iran Valença. Depois de passar o comando do grupo para os filhos, o empresário que adotou Brasília desfruta, aos 85 anos, de merecido descanso, ao lado de Dona Lucia, em uma fazenda na Chapada dos Veadeiros.

 

Serviço
O Casapark funciona de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h, e, no domingo, das 12h às 20h, no Park Sul. Telefone: 3403-5300

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE