Família

Como entreter as crianças durante as férias em tempos de covid-19

No descanso da garotada, o Correio reuniu opções para curtir com as crianças e garantir as principais medidas de segurança contra o coronavírus

Samantha Rannya*
Nélio Sousa*
postado em 19/07/2021 06:00
 (crédito: MetaMaker/Divulgaçã)
(crédito: MetaMaker/Divulgaçã)

Férias escolares, trabalho e pandemia. Resolver essa equação é um desafio para as famílias que vão pegar a estrada e também para quem ficará na capital. Afinal, seja qual for a programação, é fundamental adotar cuidados para evitar a disseminação do novo coronavírus. O Correio conversou com pais, educadores, empresários e epidemiologista e indica opções para driblar o tédio da criançada em casa. Aproveitar áreas verdes e espaços públicos, fazer brincadeiras dentro de casa ou mandar os pequenos para colônias de férias são algumas das alternativas.

Devido à pandemia da covid-19, organizadores de colônia de férias adaptaram esses lugares com as medidas de segurança para evitar a disseminação do vírus. A reportagem entrou em contato com seis empresas e apurou que os preços variam de R$ 70 a R$ 1,6 mil — para diárias ou pacotes semanal ou mensal. Já para quem prefere não sair de casa, a alternativa é usar a criatividade a seu favor, com a elaboração de atividades lúdicas.

A professora de ensino infantil Luciana Ribeiro explica que é importante os pais fazerem atividades com os filhos no período de férias. Segundo ela, esse passatempo entre eles marca muito a infância dos pequenos. “De alguma forma, essas atividades vão fazer parte do desenvolvimento delas, por isso, é importante sempre acompanhar as crianças e dar muito amor e carinho a elas”, diz. “Os pais podem fazer passeios em parques, pinturas com tinta guache, brincar de caça ao tesouro e de esconde-esconde dentro de casa”, elenca a pedagoga.

A técnica em secretariado Anne Grazielle Ribeiro, 34 anos, moradora de Santa Maria, faz o possível para estar sempre ao lado dos filhos, Anne Liz, 3, Caio, 12, e Elias Gabriel, 18. Ao chegar em casa após um longo dia de trabalho, ela e o marido Wesley Alves, 35, fazem sessão de filmes com a família ou saem para comer uma boa pizza próximo de casa, sempre seguindo as medidas de segurança contra a covid. “Mesmo com toda a dificuldade do dia a dia, com a falta de tempo, por conta do estresse do trabalho, é muito importante tirarmos um momento para aproveitar os filhos da gente. É muito importante para nós, pais, sempre darmos carinho e amor a eles. Por isso, este ano vamos para a chácara dos avós deles em Palmital, Minas Gerais”, conta Anne.

Já a cuidadora de crianças Maria Dolores Souza, 38 anos, moradora de Santo Antônio do Descoberto (GO), conta que, depois de um período de aulas a distância tão difícil para os filhos, o que mais deseja é fazer atividades como assistir a filmes, séries e programas de TV ao lado deles. “Quero muito desenvolver brincadeiras, ver filmes e séries com meus filhos. Também pretendo levá-los nestas férias ao Zoológico de Brasília.” Ela planejou, na programação de férias das crianças, brincadeiras como pique pega, pique-esconde e atividades ao ar livre.

Riquezas naturais

Para aproveitar as riquezas naturais do cerrado nessas programações, o Instituto Brasília Ambiental, responsável por administrar os parques ecológicos do DF, orienta que a população pode fazer caminhadas, contemplar a natureza e utilizar os equipamentos disponíveis nesses locais para a diversão das crianças, seguindo as normas sanitárias de proteção contra a covid-19.

Espaços destinados às colônias de férias no DF também têm procurado formas seguras para seguir levando diversão às crianças. Ter um espaço que garanta a diversão das crianças no momento atual é uma forma de contribuir para a fase de constante aprendizado delas. É o que relata a pedagoga Mylca de Souza. Segundo ela, essas atividades estimulam diretamente a parte lúdica, cognitiva e motora no desenvolvimento da criança. “É importante estimular a imaginação da criança com leituras e brincadeiras que despertam a criatividade e a imaginação”, destaca.

Participar das atividades oferecidas pela colônia de férias Ludika BSB foi uma experiência que mudou o comportamento do filho da educadora física Rany Maira Lopes Luna de Sousa, 35 anos, moradora do Lago Norte. Ela conta que o filho Murilo Luna, 5, está sempre tentando reproduzir as atividades da colônia em casa. Para a educadora, as colônias de férias se tornam grande aliadas, tanto emocionalmente quanto fisicamente para as crianças. “Mantendo os cuidados com a pandemia, as crianças precisam socializar de alguma forma”, comenta.

* Estagiários sob a supervisão de Mariana Niederauer

» Proteja-se

» A epidemiologista e coordenadora técnica da Sala de Situação de Saúde da Universidade de Brasília (UnB) Marcela Santos ressalta a importância dos cuidados a serem seguidos pelos pais das crianças nesse período de férias. “Apesar de estarmos observando quedas no número de casos no DF, ainda é preciso ter bastante cuidado com a covid-19. Os pais das crianças devem sempre seguir as recomendações de segurança”, reforça. E completa: “Uma outra questão que os pais evidenciam é a necessidade de as crianças interagirem com outras, em parques e praças públicas, por isso, deve-se seguir essas recomendações ao sair de casa. Só saia de casa se houver extrema necessidade de ir para esses lugares”. Confira as principais orientações:

» Manter o distanciamento social entre os usuários de ambientes públicos;

» Lavar sempre as mãos com sabão;
» Usar álcool em gel;

» Ir para praças, parques e ambientes naturais sempre fora dos horários de pico.

» À procura de diversão

Conheça algumas das colônias de férias e espaços que oferecem recreação aos pequenos neste período. Todos afirmam seguir as recomendações sanitárias e, segundo os proprietários, são realizadas limpezas nos equipamentos e ambientes.

Ludika BSB
Localizada na Asa Sul, oferece diversas atividades, como teatro e ginástica rítmica. Para o período matutino, a diária sai a R$ 80; a semana individual sai a R$ 290; a semana em família sai a R$ 260; e o combo mensal sai a R$ 960. No período da tarde, a diária sai a R$ 90; a semana individual sai a R$ 390; semana em família, R$ 360; e o combo mensal, R$ 1.260. Informações pelo telefone: (61) 3686-1561. Aberto de segunda a sexta, das 7h às 22h.

Pine Tree Farm
O espaço fica localizado no Jardim Botânico, onde são realizadas diversas atividades ao ar livre, que focam também na educação ambiental. Os preços podem variar: o pacote diário no período da manhã, das 8h até 12h, sai a R$ 530; no período da tarde, 14h às 18h, sai a R$ 650; semi-integral, das 8h às 16h, R$ 1.150; integral, das 8h às 18h, R$ 1.250. Informações pelos telefones: (61) 99296-4226 ou (61) 99971-1969. Aberto de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Mãedoteca Picnic
Na Entrequadra 303/304 do Sudoeste, no colégio Dromos, o espaço recebe a 12ª edição da colônia de férias Mãedoteca Picnic. São seis ambientes separados que oferecem diversas brincadeiras para as crianças. Diária custa R$ 95 e o pacote semanal sai a R$ 475. Informações pelo telefone: (61) 99878-5844. Aberto de segunda a sexta, das 14h às 18h.

Brincar de Roda
A casa de brincadeiras infantis oferece o serviço “Brincando em Casa”, que tem o intuito de levar a diversão para a casa das crianças. Elaborada de acordo com a faixa etária e interesses da criança. O valor diário sai a R$ 150, por um período de quatro a cinco horas. Informações pelo site brincarderoda.com.br ou pelo telefone (61) 99854-2683.

Jardim Ipê Amarelo
A creche promove a 10ª edição da colônia de férias e oferece programação com roda de música, parquinho, piquenique no jardim, contar histórias, cama elástica, yoga, capoeira, oficina de artes, circuitos, oficina de inglês e jogos, entre outras brincadeiras. Funciona de segunda a sexta, das 7h30 às 18h30. Valor semanal de R$ 270 e R$ 510, por duas semanas. Informações pelo telefone: (61) 99962-8382.

MetaMaker
Com atividades presenciais para as crianças, como a marcenaria, com contato direto com a natureza, na Escola da Árvore, no Lago Norte. Custo médio de R$ 450, para um pacote semanal, com quatro horas de atividades ao longo do dia. Informações pelo telefone: (61) 9 9338-8858. Aberto das 8h às 18h.

Bodytech Brasília
A colônia de férias da academia realizará, entre 19 e 30 de julho, diversas atividades, como sessão de cinema, oficinas de circo, pintura, futebol e outros jogos, além de várias brincadeiras. O espaço é aberto das 14h às 18h. Os pais podem escolher o pacote semanal (R$ 300 para o público externo e R$ 250 para internos), as duas semanas pelo valor de R$ 550 para externos e R$ 450 internos; ou ainda diárias (R$ 90 externo e R$ 70 interno). Informações pelos telefones: (61) 3224-4149 / 3225-9343, unidade do Lago Sul, ou (61) 3227-2822, unidade Sudoeste.

» Diversão em casa

Veja algumas das opções de atividades para propor às crianças nas férias escolares:

» Elaborar e imprimir desenhos da internet para as crianças colorirem;

» Fazer um acampamento em casa utilizando toalhas e travesseiros para construção de uma cabana. Aproveite e conte histórias aos filhos;

» Brincar de caça ao tesouro, escondendo algum objeto pela casa para que os filhos o procurem;

» Brincar com jogos de quebra-cabeça. Os pais podem comprar um tabuleiro com um personagem de desenho animado, por exemplo;

» Brincar de pular corda. É uma brincadeira bem conhecida e que pode ser feita em diversos espaços da casa.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE