Justiça

Órgãos de Justiça lançam campanha de apoio a vítimas

A campanha 'Justiça começa pela vítima' pretende informar a comunidade quanto à busca pelos direitos

Correio Braziliense
postado em 01/08/2021 20:52
Imagem associada à campanha do CNCCRIM -  (crédito: Reprodução/ Internet)
Imagem associada à campanha do CNCCRIM - (crédito: Reprodução/ Internet)

Reforçar o poder de acesso à Justiça por parte de pessoas prejudicadas das mais diversas formas é um dos objetivos centrais da campanha “Justiça começa pela vítima” projetada por Ministérios Públicos de todo o Brasil. A iniciativa teve início neste domingo (1°/8) e pretende conscientizar vítimas de violência sobre encaminhamentos de injustiças. A iniciativa nasceu do Grupo Nacional dos Coordenadores de Centro de Apoio Criminal (CNCCRIM), órgão associado ao Conselho Nacional de Procuradores-Gerais dos Ministérios Públicos dos Estados e da União (CNPG).

Aliada a programas como Escutando o Cidadão (no âmbito do MPDFT), a campanha pretende informar a comunidade quanto a direitos. A ideia é ter a vítima acolhida, e ciente de explicações simplificadas no acesso ao amparo. Elementos como Ministério Público, Poder Judiciário e Polícia Judiciária pretendem se ver popularizados. Noções de serviço de apoio, acesso a informações, ressarcimento, apoio jurídico e tratamento digno figuram na campanha.  

Em 2020, segundo o 15º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, foram registradas 29,1 mil tentativas de homicídios no Brasil e 532.363 casos de lesão corporal dolosa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE