Investigação

Bombeiros encontram corpo de jovem nu e com perfurações em São Sebastião

Militares combatiam um incêndio na região do Morro Azul, quando encontraram o corpo do rapaz, que apresentava queimaduras em decorrência das chamas e três perfurações no tórax, pescoço e virilha

Darcianne Diogo
postado em 11/08/2021 21:18
Polícia Civil foi acionada e investiga o caso -  (crédito: PCDF/Divulgação)
Polícia Civil foi acionada e investiga o caso - (crédito: PCDF/Divulgação)

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBM-DF) localizaram, na tarde desta quarta-feira (11/8), um corpo, de um jovem, na região do Morro Azul, em São Sebastião. A vítima, ainda não identificada, apresentava perfurações na região do tórax, pescoço e virilha.

Os militares faziam um combate a um incêndio em vegetação na área próxima ao local onde será instalado o Condomínio Alto Mangueiral, por volta das 14h33, quando encontraram o cadáver. Segundo a corporação, o trata-se de um rapaz, aparentemente, menor de idade, e que apresentava queimaduras em decorrência das chamas do incêndio.

O corpo apresentava, ainda, três perfurações e estava nu. De acordo com o CBM-DF, não foram encontradas roupas por perto. A Polícia Civil foi acionada e investiga o caso.

Tentativa de homicídio

Um jovem, 19 anos, foi baleado, na Quadra 47, Conjunto E, próximo à Feira de Brazlândia. A vítima, identificada como Gabriel Fernando Alves da Cruz, foi transportada ao hospital da região em estado crítico.

Testemunhas relataram à polícia que ouviram ao menos sete disparados de arma de fogo. Gabriel foi atingido na cabeça e encaminhado inconsciente pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBM-DF) ao Hospital de Brazlândia.

Após ser estabilizado, Gabriel foi transferido pelo helicóptero da corporação ao Hospital de Base. O quadro de saúde é considerado gravíssimo. Nesse momento, policiais civis da 18ª Delegacia de Polícia (Brazlândia) estão em diligências para identificar e localizar o autor do crime.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE