PREVISÃO DO TEMPO

Umidade relativa do ar no Distrito Federal pode chegar a 15% neste sábado

Temperatura máxima pode chegar a 32°C no período mais quente deste sábado (18/9). De acordo com o Inmet, a mínima registrada nesta madrugada foi de 13ºC, no Gama

Correio Braziliense
postado em 18/09/2021 08:40 / atualizado em 18/09/2021 08:40
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

Com a névoa seca predominando o território do Distrito Federal, os brasilienses podem se preparar para mais um fim de semana quente e seco. A temperatura máxima prevista para este sábado (18/9) é de 32°C, no período da tarde. Durante a madrugada, a mínima registrada pelos termômetros do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) foi de 13°C, na estação meteorológica do Gama. 

A meteorologista Andrea Ramos destaca que, por enquanto, não há previsão de chuva para o Distrito Federal nos próximos dias. "A primavera está chegando, começa na próxima quarta-feira, uma estação conhecida por trazer chuvas mais constantes. Porém, nessa primeira semana ainda não deve ocorrer precipitações na capital", afirma. 

No entanto, neste fim de semana os brasiliense terão mais corrente de ar durante o dia. "O vento fraco a moderado dará uma sensação de melhoria no calor", pontua Andrea. Com a baixa umidade, os cuidados com a saúde devem ser redobrados. 

Orientações importantes

  • Lave as mãos com frequência e evite colocá-las na boca e no nariz;
  • Procure manter o corpo sempre bem hidratado. Portanto, beba bastante água, mesmo sem sentir sede. Em especial, fique atento à hidratação das crianças, idosos e dos doentes;
  • Aplique soro fisiológico no nariz e nos olhos para evitar o ressecamento;
  • Evite a prática de exercícios físicos ao ar livre entre 10h e 17h;
  • Use produtos para hidratar a pele do rosto e do corpo, pelo menos depois do banho e na hora de deitar;
  • Coloque chapéus e óculos escuros para proteger-se do sol;
  • Aproveite o vapor produzido pela água durante o banho para lubrificar as narinas
  • Coloque toalhas molhadas, recipientes com água ou vaporizadores nos quartos de dormir;
  • Evite aglomerações e a permanência prolongada em ambientes fechados ou com ar condicionado, pois o ressecamento das mucosas aumenta o risco de infecções das vias aéreas;
  • Mantenha a casa sempre limpa e arejada. O tempo seco aumenta a concentração de ácaros, fungos e da poeira em móveis cortinas e carpetes;
  • Procure não usar vassouras que levantam o pó por onde passam. Dê preferência para aspiradores ou panos úmidos;
  • Ligue ventiladores de teto no modo “exaustor”, com ar direcionado para cima. Ligados para baixo, no modo “ventilação”, levantam a poeira que se mistura no ar;
  • Não queime lixo nem provoque queimadas por descuido ou desatenção.

 

Fonte: Defesa Civil

 

 

 


 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE