Grita geral

Correio Braziliense
postado em 03/10/2021 00:31

FÓRUM DE SANTA MARIA
FALTA DE ATENDIMENTO

O porteiro Manoel Fernandes, 78 anos, morador de Santa Maria, entrou em contato com a coluna Grita Geral para reclamar sobre a falta de atendimento no Fórum de Santa Maria. De acordo com ele, ao ter problemas com a empresa fornecedora de energia do Distrito Federal, e por consequência ter seu aparelho de televisão queimado, foi aconselhado no Procon a procurar o juizado de pequenas causas. “Quando fui lá, eles me entregaram o número de telefone de uma universidade para procurar quem ainda está estagiando na área do Direito para resolver o problema. Achei que eles iam me orientar, mas só me entregaram um número”, conta.

» O Fórum de Santa Maria informou que, devido à pandemia, os atendimentos presenciais no âmbito do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios estão suspensos. Contudo, as demandas têm sido resolvidas, a contento, de forma remota. Os meios/ferramentas disponíveis para atendimentos, como este do senhor Manoel, estão publicados no site do Tribunal na internet. O interessado pode entrar em contato com o NAJ- Núcleo de Atendimento ao Jurisdicionado de Santa Maria pelos números: 3103-5742 e 9 9913-9947 (WhatsApp).

PROGRAMAS SOCIAIS
ATRASO EM PAGAMENTO

A dona de casa Alba Valéria Silva, 31 anos, entrou em contato com a coluna Grita Geral para reclamar sobre os atrasos nos pagamentos dos programas sociais os quais ela é beneficiária. De acordo com ela, o GDF está atrasando o DF Sem Miséria e ainda ficou de pagar o Bolsa Alimentação Escolar na semana passada, só que até o momento não pagou. “Eles disseram que mesmo que as crianças fossem 15 dias na escola, fariam o pagamento da alimentação escolar dos outros 15 dias que elas ficam em casa. Ficaram de pagar do dia 13 ao dia 17 setembro, e nada até agora”, conta.

» A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) informou que as famílias assistidas pelo programa DF Sem Miséria já podem fazer o saque do benefício, que foi liberado em 23 de setembro. É importante frisar que o benefício referente é pago dentro do mês subsequente, portanto, não estava em atraso. Atualmente, o Distrito Federal conta com 186.862 famílias inscritas no Cadastro Único. Desse total, 90.985 recebem o Bolsa Família e 73.617 também têm direito ao DF Sem Miséria.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE