BRASILEIRÃO

Excelência na bola parada

Corinthians conta com um trunfo no reencontro de hoje com a torcida, em Itaquera. Levantamento do Correio mostra que Willian acumula 16 gols de falta na carreira - o primeiro justamente com a camisa do Timão

Marcos Paulo Lima
postado em 04/10/2021 22:41
 (crédito: Rodrigo Coca/Agencia Corinthians)
(crédito: Rodrigo Coca/Agencia Corinthians)

A contratação de Willian muda o patamar do Corinthians em um fundamento carente não somente no elenco do clube paulista, mas no futebol brasileiro: cobrança de falta. Com a presença do meia-atacante em partidas como a de hoje contra o Bahia, às 21h30, na Neo Química Arena, o técnico Sylvinho tem um dos melhores batedores do país. Willian deixou o jogo contra o Bragantino, no último sábado, com um incômodo na coxa esquerda, mas está relacionado para o confronto pela 24ª rodada da Série A.

Aos 33 anos, Willian é um dos especialistas do Brasil nos chamados lances de bola parada. Nem mesmo o badalado Flamengo com seu elenco caríssimo e altamente técnico desfruta de um jogador com a qualidade e efetividade do novo camisa 10 do Corinthians nas cobranças de falta. A equipe carioca não marca assim desde 10 de junho de 2018 na vitória por 3 x 0 contra o Paraná. Portanto, lá se vão três anos e três meses de jejum (1.213 dias).

O Corinthians dificilmente sofrerá como o Flamengo nesse quesito. Willian desembarcou no clube com uma incrível coleção de gols de falta na Europa. Levantamento do Correio registra 15 bolas na rede nesse estilo, nas passagens por Shakhtar Donetsk, Anzhi Makhachkala, Chelsea e Arsenal no futebol europeu.

O meia-atacante teve pico de seis gols de falta em uma mesma temporada em 2015/2016 com a camisa do Chelsea. O número impressiona porque, à época, o elenco do time londrino contava, por exemplo, com Frank Lampard, Oscar e Eden Hazard — todos potenciais cobradores de falta e concorrentes de Willian.

Em entrevista ao Correio em outubro de 2015, Willian falou sobre o sucesso nas cobranças. Naquele período, o craque acumulava sequência incrível de quatro gols de falta em quatro jogos. “Eu sempre treinei cobranças de falta, desde a época do Corinthians, mas como
joguei sempre ao lado de grandes cobradores, nunca tive muitas oportunidades de bater faltas nos jogos. Nessa temporada tive a chance de cobrar a primeira, o gol saiu e eu ganhei confiança. É uma arma que está funcionando e espero que continue assim”, disse na ocasião.

Mesmo assim, o corintiano roubou a cena e virou o cara da bola parada na trupe comandada pelo português José Mourinho, substituído depois pelo holandês Guus Hiddink. “On fire” como se diz na NBA, a liga profissional norte-americana de basquete, Willian estabeleceu recorde de gols de falta na fase de grupos da Champions League em uma mesma edição — quatro na temporada 2015/2016.

O primeiro gol de Willian com a camisa do Corinthians foi coincidentemente de falta, no empate por 2 x 2 com o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pelo Brasileirão de 2007. Vendido ao Shakhtar Donetsk por 14 milhões de euros naquele ano, ele passou muito tempo sem bater. O time ucraniano tinha praticamente um dono da bola parada — o croata Darijo Srna. O brasileiro havia acabado de chegar em um clube que também contava, por exemplo, com o especialista Jadson.

Willian ainda não fez gol de falta com a camisa da Seleção. A concorrência era maior ainda, principalmente a do dono do time Neymar. “Nas atividades da Seleção, sempre que possível, eu procuro treinar faltas, mas a Seleção sempre tem grandes batedores de falta, há opções”, ponderou Willian na entrevista exclusiva de 2015 ao Correio sobre o sucesso nas cobranças de falta com camisa do Chelsea. Dunga comandava o Brasil naquela temporada.

O novo camisa 10 do Corinthians tem tudo para assumir, também, as cobranças de pênalti. Willian jamais desperdiçou tiros da marca da cal pelo Chelsea. Ele converteu as sete oportunidades. Foi impecável, ainda, nas decisões por pênaltis pelos Blues. Acertou as três em mata-matas sob extrema pressão. Logo, adversários como o Bahia que se cuidem: a bola parada de Willian mexerá muito no placar. O cartão de visitas pode ser hoje, em São Paulo, contra o Bahia, na Neo Química Arena…


“Expectativa grande de poder ter nosso torcedor ao nosso lado novamente.
A gente espera fazer um grande jogo com o 12º jogador nos apoiando. Às vezes
encontramos momentos de dificuldades, e tendo o torcedor nos incentivando
e apoiando, ajuda muito. Espero que possa ser um dia especial”

Willian, meia do Corinthians


Os 16 gols de falta de Willian

1 no Corinthians + 15 na Europa

1/8/2007Athletico-PR 2 x 2 Corinthians
27/10/2010Poltava 0 x 2 Shakhtar
10/3/2012Mariupol 1 x 2 Shakhtar
16/9/2015Chelsea 4 x 0 Macabbi Tel Aviv
26/9/2015Newcastle 2 x 2 Chelsea
29/9/2015Porto 2 x 1 Chelsea
3/10/2015Chelsea 1 x 3 Southampton
4/11/2015Chelsea 2 x 1 Dínamo de Kiev
24/11/2015Macabbi Tel Aviv 0 x 4 Chelsea
28/1/2017Chelsea 4 x 0 Brentford
18/3/2017Stoke City 1 x 2 Chelsea
22/4/201Chelsea 4 x 2 Tottenham
13/12/2018MOL Evar 2 x 2 Chelsea
07/3/2019Chelsea 3 x 0 Dínamo de Kiev
01/6/2020 West Ham 3 x 2 Chelsea
09/5/2021Arsenal 3 x 1 West Brom



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE