360 graus

Correio Braziliense
postado em 09/10/2021 20:14
 (crédito: Credito: Arquivo Pessoal)
(crédito: Credito: Arquivo Pessoal)

“O melhor do futuro é que ele chega apenas um dia de cada vez”
Abraham Lincoln


O amor está no ar...

Desde o primeiro dia de outubro, um grande acontecimento social ocupa as lembranças, as conversas e as redes sociais de Brasília: o monumental casamento de Anna Beatriz e Átila Filho, na Catedral Metropolitana de Brasília, decorada por Thais Russo.
A noiva, vestindo modelo assinado pelo estilista de São Paulo Júnior Santaella, é filha de Andréa e Rodrigo Flávio Sá Roriz. Os pais do noivo são Rita de Cássia e o deputado Federal Átila Lins de Albuquerque (fotos).
Rogério Midlej se incumbiu da trilha sonora da igreja, em cerimônia presidida pelo arcebispo de Ordinariato Militar do Brasil, dom Fernando Guimarães.
Os convidados foram recepcionados no Cota Mil Iate Clube, totalmente transformado por Valéria Bittar, que trouxe, para o salão de recepção, a exuberância e a beleza dos ipês-brancos.

» Na segunda-feira (4), a SQS 108 ficou movimentadíssima, com a inauguração de mais uma unidade da rede de restaurantes Vasto, do grupo Coco Bambu. Convidados especiais foram recebidos pelo cearense Afrânio Barreira, e sua mulher, Daniela, acompanhados de todos os outros sócios. O governador Ibaneis Rocha e Mayara prestigiaram o evento. (foto)

» Para reviver e viver mais a sua história, a sua memória e os criadores de Brasília, com sentimento de preservação da história e de como tudo começou, Marilda Porto, viúva do primeiro médico de Brasília, Edson Porto, restaurou, pintou, resgatou, no Museu da Memória Candanga, a casinha em que ela viveu, aos 18 anos, e o consultório daquele médico tão dedicado. (foto)


Livros
» Depois de lançar Sem cerimônia, que relata os bastidores do governo de Minas Gerais; Jack Corrêa, o homem que nunca enjeitou tarefas desafiadoras e complicadas, mais uma vez, enveredou pelos meandros da literatura inteligente e realista, com seu novo livro, de nome sugestivo: Lobby stories. São cenas reais de uma vida nas antessalas do poder. ‘Hilários, reais e de muito conteúdo”, como ele mesmo conta .

» Poeta, contista, memorialista, romancista, historiador, pesquisador e palestrante, ex-presidente da Academia de Letras de Brasília (ALB), José Carlos Gentili lançou, em 2020, mais uma obra de sua autoria, o livro Vivências (foto). Segundo apresentação do acadêmico Valmir Campelo, “o livro mostra ricas narrativas de relações entre memória, história e literatura”.

» Desde 1993 a jornalista Liana Sabo fez deste jornal o seu maior veículo para divulgar o que adquiriu por intermédio de quase três décadas, em sua coluna Favas Contadas. O livro Histórias dos sabores que vivi (foto) foi lançado na sede do Correio Braziliense, “que eu considero minha própria casa”, diz. Livro bonito, atraente, com excelente material fotográfico.

Estou de volta, este é o meu lugar...
Um lugar que é retomado, felizmente, depois de um ano e sete meses de confinamento, imposto, por algo que não sabemos ao certo de onde veio, mas que deixou sua marca indelével e triste por onde passou.
Agora, depois de tudo o que vivemos (ou que deixamos de viver), o momento é de sentir a alegria por estarmos de volta, com o peito aberto e o coração cheio de esperança, na certeza de que dias melhores virão: em paz, com saúde, muito trabalho para todos, muita fé e confiança num futuro abençoado por Deus, com o mesmo e forte objetivo, qual seja, de sermos felizes e recuperarmos o precioso tempo que nos foi arrebatado.
O futuro desta coluna, que chegava a seus lares há 18 anos, de manhã bem cedinho, é para contar e cantar Brasília, em sua plenitude, assim mesmo, cheia de esperança, como é A “Capital da Esperança”.
Bom dia, Brasília! Bom dia, leitores! Aqui estamos de volta...

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE