TRÂNSITO

Carro cai nos trilhos do  metrô em Águas Claras

Correio Braziliense
postado em 12/10/2021 22:17
 (crédito: Divulgação/CBMDF)
(crédito: Divulgação/CBMDF)

Um carro caiu nos trilhos do metrô, próximo à estação Arniqueiras, em Águas Claras, na madrugada de ontem. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), o acidente ocorreu por volta das 4h47. O motorista, um homem de 29 anos, foi encontrado inconsciente dentro do veículo.

Após a energia dos trilhos ser desativada pela equipe do metrô, o motorista foi removido pela equipe de salvamento do CBMDF e transportado com traumatismo cranioencefálico em estado grave para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT). Não houve mais vítimas envolvidas.

Segundo os Bombeiros, o Jeep Compass Branco trafegava na Rua 14 Sul, sentido Norte e, após invadir a calçada, caiu de aproximadamente 10 metros de altura, acertando os trilhos do metrô no sentido Taguatinga. A equipe da Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) informou que a operação dos trens foi iniciada normalmente às 7h15 de ontem.
No trecho do acidente, por questões de segurança, os trens trafegaram em baixa velocidade durante o dia. O Metrô-DF afirmou que será realizada perícia para avaliar os danos causados ao sistema.
Em liberdade

O servidor da Universidade de Brasília (UnB) Marco Antônio Ferreira Lopes, 29 anos, que atropelou e matou o ciclista Gilson da Silva, 36 anos, morador de Planaltina, na manhã do último domingo, responderá em liberdade. Ontem, Marco Antônio passou por audiência de custódia, pagou R$ 20 mil de fiança e ganhou o direito de responder em liberdade. O servidor foi preso em flagrante e não fez o teste do bafômetro. O velório de Gilson será hoje, às 14h30, no cemitério de Planaltina.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE