Trânsito

Vídeo: embriagado, motorista causa acidente na Epia

Três veículos bateram e capotaram. O bafômetro de um dos motoristas indicava três vezes a concentração de álcool que se considera direção criminosa

Giovanna Fischborn
postado em 17/10/2021 22:42
 (crédito: PMDF)
(crédito: PMDF)

Na manhã deste domingo (17/10), três carros bateram na Epia, próximo ao ParkShopping, sentido Núcleo Bandeirante. O teste do bafômetro de um dos motoristas marcou 0.90 miligrama de álcool por litro de ar expelido — segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), quando o teste indica concentração igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar, a direção é considerada criminosa. 

O condutor que causou o acidente foi levado à delegacia por dirigir embriagado e o caso está aos cuidados da 21ª Delegacia de Polícia. A colisão foi flagrada pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF). E, segundo a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), deixou apenas danos materiais.

Veja o vídeo do acidente:

Segundo o 1º sargento Ronaldo Carneiro, o motorista embriagado perdeu o controle do veículo e bateu na traseira de outro carro, o que causou um capotamento, que, por sua vez, atingiu um terceiro carro. Uma senhora levava uma criança na cadeirinha em um Corolla, um dos envolvidos no acidente. Felizmente, elas não tiveram lesões.

O que diz a Lei Seca

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir depois de consumir álcool é infração gravíssima, com multa no valor de R$ 2.934,70, além de ter o direito de dirigir suspenso. Em caso de reincidência da infração no período de até 12 meses, a multa dobra de valor, ou seja, vai para R$ 5.869,40.

Além das sanções administrativas, quando a testagem indica concentração igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar, a direção é considerada criminosa, da qual a pena é de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da CNH ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE