Violência contra a mulher

Homem é preso por tentar matar ex-mulher a facadas no local de trabalho

O autor, de 47 anos, entrou em luta corporal com a ex-companheira, de 44 anos. A tentativa de feminicídio foi gravada pelas câmeras de segurança

Correio Braziliense
postado em 13/11/2021 14:42
 (crédito: Divulgação//PCDF )
(crédito: Divulgação//PCDF )

Um homem de 47 anos foi preso por tentativa de feminicídio após atacar, com um facão, a ex-companheira no local em que ela trabalha. A vítima, uma mulher de 44 anos, contou com a ajuda de colegas para conseguir desarmar o homem. Ele foi preso pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e teve a prisão convertida em preventiva após representação realizada pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher I (Deam I). O caso ocorreu nesta sexta-feira (12/11).

De acordo com a Deam I, o ex-casal se relacionou por cerca de 12 anos e estava separado há 11, tempo que tiveram pouco contato. Juntos, eles tiveram um filho que está com 20 anos. Recentemente, outra filha da vítima entrou em contato com o autor e pediu ajuda para tratar de assuntos referentes ao filho dele com a mulher.

Porém, nessa sexta-feira, o homem foi até o local em que a vítima trabalha. A princípio, ele se identificou com outro nome e foi atendido por ela. Em breve conversa, o acusado, que estava portando de forma velada um facão, sacou o instrumento e tentou golpear a mulher. A ação foi gravada pelas câmeras de segurança do local. O Correio optou por não divulgar as imagens. 

A vítima conseguiu desviar do primeiro golpe e após ser segurada pelo agressor, foi auxiliada por colegas de trabalho que conseguiram retirar o facão da mão do homem. Durante a luta corporal entre os envolvidos, a vítima ficou ferida nas mãos, por ter segurado a lâmina do facão na tentativa de se defender dos golpes.

A delgada da Deam I frisou a importância de denunciar agressões. "Frisa-se a importância do registro de qualquer violência contra a mulher tanto nas delegacias especializadas ou em qualquer delegacia. É possível, também, denunciar na delegacia eletrônica", disse Fabíola Brugnara, delegada da Deam I. 

Onde pedir ajuda?

Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência — Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República
Telefone: 180 (disque-denúncia)


Centro de Atendimento à Mulher (Ceam)
» De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
» Locais: 102 Sul (Estação do Metrô), Ceilândia, Planaltina

Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam)
» Entrequadra 204/205 Sul - Asa Sul
Telefone: (61) 3207-6172

Disque 100 — Ministério dos Direitos Humanos
Telefone: 100

Programa de Prevenção à Violência Doméstica (Provid) da Polícia Militar
Telefones: (61) 3910-1349 / (61) 3910-1350

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE