MANUTENÇÃO

Vicente Pires recebe ações de prevenção contra o período de chuva

Trabalho com apoio da Novacap e Terracap desobstruiu bocas de lobo da região

Correio Braziliense
postado em 19/11/2021 20:18
 (crédito: Arquivo pessoal)
(crédito: Arquivo pessoal)

A região de Vicente Pires recebeu nas últimas semanas ações preventivas contra a chuva. O serviço desobstruiu e fez a manutenção das bocas de lobo na cidade. A iniciativa foi possível graças ao GDF Presente, por meio do Polo Central 2, juntamente com a administração local, Secretaria de Governo, Novacap e Terracap.

O objetivo era evitar o entupimento que pode ocasionar em alagamento na região durante o período chuvoso. “O importante é o trabalho preventivo”, comenta o administrador de Vicente Pires, Daniel de Castro Sousa.

A cidade, durante os últimos 60 dias, tem recebido de maneira constante trabalhos similares a estes. Nas ruas 1 e 5, a revitalização ocorreu nas bocas de lobo, que foram recuperadas e ganharam novas tampas. Enquanto na Rua 19 da Colônia Agrícola São José, a área de captação pluvial passou por limpeza. Além disso, as áreas tiveram troca de meio-fio vazado.

O coordenador do Polo Central 2, Rodrigo Caverna, explicou que as regiões foram escolhidas de acordo com as demandas da população e ouvidoria. “Fizemos trocas de tampas e de meios-fios, limpezas, manutenção e drenagem de águas pluviais. Estamos cuidando da cidade e cuidando das pessoas. É tempo de ação!”, garante Rodrigo.

Preparação

Funcionários do Polo Central 2 e da Coordenação e Diretoria de Obras da Administração de Vicente Pires participaram das ações. A Novacap e a Terracap forneceram um caminhão de hidrojato para ajudar no trabalho. O administrador Daniel Castro de Sousa explicou que o equipamento usado é efetivo na desobstrução das bocas de lobo. “Quando vamos limpar, tiramos a tampa, o servidor entra, tira lixo e lama, depois coloca-se a tampa. Com o hidrojato, a rede fica totalmente livre, deixando com que seja feita a captação e não haja entupimento”, diz.

Daniel conta que uma obra foi concluída na cidade, que garantiu uma forte captação, com 22 bacias de contenção e 86 dissipador (estrutura armada, responsável por amenizar o impacto da água nas ruas).

Com informações da Secretaria de Estado de Governo do Distrito Federal

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE