Candidatura

Comitiva do maior evento de tecnologia deixa Brasília animada

Na despedida de Brasília, os organizadores da Web Summit conheceram o setor hoteleiro e almoçaram com o governador Ibaneis Rocha

Correio Braziliense
postado em 21/11/2021 20:48
 (crédito:  Vinicius de Melo)
(crédito: Vinicius de Melo)

Em visita à capital, para a realização de análises técnicas, os representantes da Web Summit, o maior evento de tecnologia, em escala mundial, almoçaram com o governador Ibaneis Rocha, e, antes do retorno para a Europa, fizeram um reconhecimento da rede hoteleira da capital. O grupo observou a infraestrutura da cidade, tomando por base três hotéis visitados. Em jogo, está a capacitação de Brasília sediar a Web Summit, em 2023, numa perspectiva de retorno de R$ 190 milhões. O Governo do Distrito Federal, que disputa o posto de sede com o Rio de Janeiro e Porto Alegre, abraçaria, inicialmente, a injeção de 5 milhões de euros para possibilitar o evento.

A Web Summit, em escala internacional, é a maior conferência do setor de tecnologia. "A expectativa é grande para 2023. A escolha traria benefícios não apenas para a nossa cidade, mas ainda para a América Latina, diante das oportunidades de turismo e negócios", comentou o governador Ibaneis Rocha, no encontro com o CEO da Web Summit, Paddy Cosgrave. O irlandês explicou das inúmeras variáveis para a eleição da cidade brasileira candidata a suceder eventos sediados em Toronto, no Canadá; em Hong Kong, na China e em Lisboa (Portugal).

Na decisão pela cidade sede, há inúmeros indicadores capazes de influenciar. Vista pelo comitê de visitantes, como "uma cidade maravilhosa", Brasília figura entre as 10 cidades brasileiras com o maior Índice de Desenvolvimento Humano do Brasil. O Distrito Federal detém o registro da maior renda per capita do país, com R$ 2.475, segundo o mais recente levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Na rota pela sensibilização dos organizadores do evento esteve o encontro com estudantes entusiasmados com a futura possibilidade de integrar os bancos da conferência. Conta ainda a favor da escolha da capital para a Web Summit, a infraestrutura de uma cidade planejada e a localização privilegiada do Aeroporto internacional Juscelino Kubitschek. Facilidade de deslocamentos motorizados junto com a queda nos índices de criminalidade trazem cenário favorável para o DF.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE