Claretiano

Estética é assunto acadêmico

Correio Braziliense
postado em 27/11/2021 00:01
 (crédito: Divulgação/Claretiano)
(crédito: Divulgação/Claretiano)

O Brasil é o quarto maior mercado consumidor de procedimentos e produtos estéticos do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, da China e do Japão. Dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) mostram que, em 2021, foram movimentados mais de US$ 23,7 bilhões. O Distrito Federal possui uma grande quantidade de clínicas de estética e dermatológicas, salões de beleza, spas, entre outros estabelecimentos do segmento; contudo, o mercado carece de mão de obra especializada.

Para atender essa demanda, o Claretiano, agora, oferece um curso superior de tecnologia em estética, que prepara profissionais para atuar com qualidade e técnica nas mais diversas áreas da profissão. O curso é presencial, no Claretiano — Faculdade de Brasília, que conta com infraestrutura completa. Além das salas de aula comuns, haverá seis laboratórios — de Anatomia, de Química, de Microscopia, de Informática, de Maquiagem e Tricologia e de Estética Facial e Corporal. As inscrições para o primeiro semestre de 2022 estão abertas, e os interessados podem ingressar utilizando a nota do Enem ou fazendo a redação on-line.

O Claretiano é uma rede de educação que teve início em 1970, na cidade de Batatais (SP), e, hoje, está presente em todos os estados do país, com cinco faculdades, 10 colégios de educação básica e 90 polos de educação à distância no Brasil e no exterior, em países como Japão, Espanha, Portugal e Estados Unidos. São mais de 50 cursos de graduação nas áreas de educação, saúde, administração, engenharia, direito, comunicação, religião e tecnologia. Também são ofertados mais de 150 cursos de pós-graduação (especialização lato sensu) e cursos de extensão.

Três perguntas para

O que os alunos aprendem durante o curso? Quais são os conteúdos de maior destaque e importância oferecidos?

Durante o curso, os alunos aprendem as diversas práticas de tratamentos estéticos para problemas capilares, faciais e corporais, desde procedimentos simples até orientações caseiras de cuidados com a pele e os atendimentos pós-cirurgias plásticas e reparadoras. Destacam-se os estudos com concentração em tricologia, cosmetologia, eletroterapia e tecnologias em estética, estética facial e corporal, do básico ao avançado.

Qual é o grande diferencial de vocês em relação ao cenário de educação estética do DF?

Somos o primeiro e único bacharelado em estética no Distrito Federal, o que nos permite oferecer uma formação inovadora, exclusiva e única no mercado atual. O aluno é preparado não só para as práticas mais técnicas da profissão, mas também para atuar na produção e no desenvolvimento de produtos ou equipamentos estéticos, além de se aprofundarem no campo científico da área e, quem sabe, seguir a carreira acadêmica, fazendo especialização, mestrado ou doutorado, por exemplo. A matriz curricular é atualizada constantemente, de modo a proporcionar embasamento teórico e prático, sendo, hoje, o único curso bacharelado do país a ter em sua matriz uma disciplina exclusiva para procedimentos intradérmicos e subcutâneos faciais e corporais.

Qual é a vantagem competitiva que o curso representa para quem está em busca de um espaço nesse setor?

Uma das principais vantagens do nosso curso é que o ensino se baseia na prática clínica. Todos os professores esteticistas possuem vivência clínica, o que facilita o aprendizado dos alunos e a compreensão da dinâmica do mercado de trabalho. De maneira geral, o curso de bacharelado em estética se iguala aos demais bacharelados do campo da saúde. Por isso, nossos alunos serão os primeiros na área a poderem cumprir parte de seus estágios no sistema de saúde, atuando em UBSs, Caps e hospitais.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE