DESTAQUES /

Noite de premiação na CasaCor

O vice-presidente executivo do Correio, Guilherme Machado, entregou os prêmios para os vencedores do tradicional evento de design e arquitetura. O troféu é uma obra do artista plástico Darlan Rosa

Ailim Cabral
postado em 08/12/2021 00:01
 (crédito:  Carlos Vieira/CB)
(crédito: Carlos Vieira/CB)

Os vencedores do Prêmio CasaCor Brasília/Correio Braziliense, definidos a partir de voto popular e do júri técnico, foram revelados na noite de ontem em um evento que reuniu participantes da mostra. Os ganhadores, escolhidos entre 37 ambientes, receberam um troféu em aço carbono na cor prata com uma base em mármore branco com rajados na cor cinza, criado pelo premiado artista plástico Darlan Rosa.

Responsável por entregar os troféus aos vencedores, o vice-presidente executivo do Correio, Guilherme Machado, elogiou os ambientes criados pelos arquitetos e designers da capital e falou sobre a importância do evento. "A Casacor é uma tradição de Brasília, que dá oportunidade para que os grandes arquitetos do DF mostrem seus trabalhos e é muito importante o Correio estar presente, premiar e valorizar esses profissionais".

Os destaques da noite foram o Espaço Deca, criado por Deborah Pinheiro Arquitetura e Casa Duratex, de Ney Lima e Walléria Teixeira, que empataram na categoria de Melhor Projeto.

Plantas

O Espaço Deca chamou a atenção pelo espelho d'água e pela presença de plantas em praticamente todos os cômodos, uma das grandes tendências dos últimos anos. As pessoas têm buscado cada vez mais a inserção de elementos naturais dentro de casa.

Apostando no aconchego trazido pela união entre tons claros, iluminação suave e madeira, a Casa Duratex dividiu o pódio de Melhor Projeto. Com as pessoas passando mais tempo dentro de casa nos últimos anos, investir em espaços que abraçam e acalmam se tornou uma necessidade.

Deborah não pôde receber o prêmio presencialmente, mas os colegas que empataram como Melhor Projeto agradeceram pela vitória. "Nós amamos participar da CasaCor, essa é a nossa 34ª edição e não poderíamos estar mais felizes com a premiação", disse Walléria Teixeira. "Agradecemos muito aos nossos parceiros. Sem eles, não conseguiríamos realizar esse projeto em tão pouco tempo. É um trabalho em equipe", completou Ney Lima

Interiores

Pedro Ariel, curador da CasaCor; Cristina Bava, redatora-chefe do grupo Abril; Ivana Valença, diretora de Marketing do Casa Park; Denise Zuba, designer de interiores; Juliana Grilo, diretora da CasaCor Minas; Sibele Negromonte, subeditora da Revista do Correio; e o arquiteto Paulo Henrique Paranhos foram os responsáveis pelo júri técnico.

O júri popular ficou a critério da população que visitou a mostra e votou por intermédio do site do Correio Braziliense. Entre os ambientes preferidos, a Casa das Bonecas de Vivian Maia chamou a atenção com decoração clássica digna de princesas. A Sala de Banho São Geraldo, por Palloma Meneghello, também agradou e traduz o banheiro em um verdadeiro spa.

Ganhadores de dois prêmios, um pelo júri técnico e outro pelo popular, Hélio Albuquerque e Sonia Peres comemoram a conquista. "Um é bom, dois então! E um em cada júri. Isso é finalizar esse trabalho maravilhosamente bem", completou Hélio.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE