Covid-19

Saúde libera escolha de vacinas

Correio Braziliense
postado em 08/12/2021 00:01
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal vai liberar, a partir de hoje, a escolha de vacinas contra a covid-19. A medida vale para adultos e visa incentivar a população da capital a se imunizar contra a doença. Adolescentes, grávidas e puérperas devem, obrigatoriamente, tomar a vacina da Pfizer/BioNTech. Atualmente, a pasta conta com mais de 1 milhão de doses em estoque para atendimento.  

"O nosso intuito é vacinar ao máximo a população para que a gente tenha uma cobertura vacinal destaque no Brasil", afirmou o secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache. Para a primeira dose não é preciso agendar, basta comparecer a um dos pontos de atendimento que podem ser consultados no site da secretaria www.saude.df.gov.br. 

Em relação à segunda dose, de acordo com a Saúde, aproximadamente 211 mil moradores do DF já poderiam ter recebido, mas ainda não compareceram a um posto de vacinação. A pasta esclarece sobre os novos prazos para a segunda dose: 28 dias após a primeira aplicação, no caso da CoronaVac; e de 56 dias ou oito semanas para AstraZeneca ou Pfizer-BioNTech, não importa a data prevista no cartão.

Já a dose de reforço está disponível para todo o público acima de 18 anos que tenha completado o ciclo vacinal há, pelo menos, cinco meses. Conforme as recomendações do Programa Nacional de Imunização (PNI), é preferencialmente aplicado o imunizante da Pfizer-BioNTech, porém, há disponibilidade de CoronaVac para pessoas com relatório médico com essa indicação. Quanto à vacina da Janssen, o Distrito Federal receberá novas unidades do Ministério da Saúde para aplicação, como dose de reforço, para a população que recebeu esse imunizante. Vale ressaltar que não se trata de uma segunda dose e, sim, do reforço vacinal.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE