Briga em bar deixa um ferido na Asa Sul

Rafaela Martins
postado em 18/12/2021 00:01

O advogado Eraldo José Pereira — acusado de participar de um racha na L4 Sul, em 2017 — fugiu depois de agredir um homem, identificado apenas como Rodrigo, 43 anos, no banheiro de um restaurante da 211 Sul, ontem. O motivo seria uma suposta traição envolvendo a vítima e a companheira do agressor. Durante a briga, um policial penal amigo do acusado atirou no pé de Rodrigo. Na sequência, os dois colegas deixaram o estabelecimento.

Delegado-adjunto da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), Maurício Iacozzilli relatou que a vítima estava no bar quando o advogado e o policial penal chegaram. Rodrigo e Eraldo José haviam se desentendido em outras ocasiões e se reencontraram no local. A briga ocorreu no banheiro. "(Depois,) o policial sacou a pistola, deu um tiro no pé da vítima, pegou a cápsula (da bala) e se evadiu (fugiu)", comentou o investigador.

Rodrigo teve de ser atendido pelo Corpo de Bombeiros, que controlou o sangramento provocado pelo tiro e levou a vítima para o Hospital de Base. Até o fechamento desta edição, ninguém havia sido preso.

A reportagem esteve no restaurante ontem, após o ocorrido, para tentar ouvir funcionários do estabelecimento e testemunhas que presenciaram a briga. No entanto, as atividades no comércio haviam se encerrado. (DD)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE