Linha do tempo

Correio Braziliense
postado em 21/12/2021 00:01

9 de dezembro

Shirlene Silva e a filha Tauane Silva saíram de casa em direção a um córrego na região do Sol Nascente, em Ceilândia, às 15h. O marido de Shirlene, Antônio Silva entrou em contato com o Corpo de Bombeiros informando o desaparecimento, às 21h. A corporação iniciou as buscas próximo ao córrego.

10 de dezembro

Mergulhadores, cães farejadores e militares percorreram cerca de 3 quilômetros do córrego atrás das vítimas.

12 de dezembro

O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas por Shirlene e Tauane após receberem informações de que a dupla teria sido vista em uma igreja na região de Samambaia. As atividades de resgate duraram três dias consecutivos.

13 de dezembro

As investigações retornaram, e os familiares foram orientados a procurar a Polícia Civil. O resgate aéreo foi acionado; e as buscas, retomadas.

16 de dezembro

O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas pelas desaparecidas. Cerca de 6km foram percorridos pela corporação.

20 de dezembro

Os corpos foram encontrados cobertos por folhas, próximo ao córrego, por policiais civis.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE