Saúde

DF registra mais 26 casos da ômicron; 11 mil testaram positivo para influenza

O secretário de saúde Manoel Pafiadache confirmou o número de casos em relação à nova variante da covid-19, e do subtipo da gripe influenza em coletiva de imprensa

Samara Schwingel
Rafaela Martins
postado em 12/01/2022 20:26

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (12/1), a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) confirmou 26 casos de infecção pela nova variante da covid-19 ômicron no Distrito Federal. Os registros foram feitos pelo Laboratório Central (Lacen), por meio de sequenciamento genético.

A pasta também informou ter contabilizado 11.049 pacientes infectados pelo vírus da influenza, sendo 217 deles subtipos H3N2. Os números foram apresentados pelo secretário de Saúde, Manoel Pafiadache, no Palácio do Buriti.

Internações

No Distrito Federal, cerca de 90% dos internados com covid-19 não iniciaram ou não completaram o ciclo vacinal contra a doença. A informação foi divulgada pelo governador em exercício Paco Britto (Avante) durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (12/1).

“Em torno de 90% dos infectados não tomaram a primeira dose ou não concluíram o ciclo completo”, frisou. Paco fez um apelo para que quem ainda não se vacinou procure um dos pontos de atendimento. “Vacina boa é vacina no braço”, complementou.

O secretário de Saúde, Manoel Pafiadache, afirmou que o número é preocupante, mas destacou que a pasta busca por esses não-vacinados. Em relação ao aumento de casos, o secretário afirmou que o pico era esperado devido à variante ômicron e que não há iminência de um colapso da rede de saúde.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE