Saúde

Flurona: DF tem 886 casos da infecção dupla de gripe e covid-19

Secretaria informou que a capital registrou, em 2022, 15.806 de influenza, sendo 226 da H3N2

Samara Schwingel
postado em 20/01/2022 16:27
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

Nesta quinta-feira (20/1), o Distrito Federal chegou a 886 casos da infecção dupla por gripe e covid-19, conhecida como flurona. A informação foi divulgada pela Secretaria de Saúde durante coletiva realizada na sede da pasta. Além disso, a pasta revelou que a capital tem, em 2022, o registro de 15.806 casos de influenza A, sendo 226 subtipados como H3N2. 

Os dados são do Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe). Segundo os gestores da pasta, tanto para gripe quanto para a covid-19, as medidas de prevenção são as mesmas. "É importante a gente reforçar que as pessoas continuem usando máscaras, higienizando as mãos", disse Fabiano dos Anjos, diretor de Vigilância Epidemiológica. 

Segundo a secretaria, independentemente do tipo de vírus detectado, o tratamento para a influenza é o mesmo: muita hidratação, repouso e boa alimentação. O uso de fosfato de oseltamivir, mais conhecido como Tamiflu, é indicado somente para pacientes com casos clínicos agravados, quando orientados pelo médico. O medicamento é entregue nas unidades básicas de saúde mediante receita.

O DF conta com oito unidades sentinelas que fazem a testagem por amostragem de casos com sintomas gripais, conforme preconizado pelo Ministério: UBS 2 Asa Norte, UBS 12 Ceilândia, UBS 1 Paranoá, UBS 5 Planaltina, UBS 12 Samambaia, UBS 1 Santa Maria, UPA Núcleo Bandeirante e Hospital Brasília.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE