Covid-19

Covid-19: 78,4% da população está com ciclo vacinal completo

Informações divulgadas pela Secretaria de Saúde, na noite desta segunda-feira (31/1), demonstram que 2,1 milhões de pessoas recebem a primeira e a segunda dose do imunizante

Renata Nagashima
postado em 31/01/2022 21:44
 (crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
(crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O vacinômetro da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) divulgou, nesta segunda-feira (31/1), que a quantidade de brasilienses que estão com ciclo vacinal completo (D1 e D2) contra a covid-19 chegou a 2.233.821— 78,47% da população. Atualmente, o grupo é formado por pessoas acima de 5 anos.

No DF, 2.393.263 receberam, ao menos, a primeira dose da vacina (D1). A quantidade representa 86,12% do público com 5 anos ou mais, parcela apta a receber as aplicações, o que corresponde a 2.846.626 cidadãos.

Já os que tomaram a dose de reforço ou dose adicional (D3) somam 716.693 pessoas — 25,55% dos moradores da capital federal, que possuem 18 anos ou mais, e receberam a segunda aplicação há pelo menos quatro meses.

Leitos de UTI

A taxa de ocupação dos leitos públicos das unidades de terapia intensiva (UTI) para tratar pacientes com confirmação ou suspeita de covid-19 voltou a atingir níveis preocupantes no Distrito Federal nesta segunda-feira (31/1). Segundo o portal InfoSaúde, da Secretaria de Saúde do DF (SES-DF), a taxa está em 97,62%, sendo que os leitos adultos e pediátricos atingiram 100% de ocupação.

Os dados da pasta mostram que, dos 99 leitos de UTI covid disponíveis na rede pública de saúde, apenas dois (neonatais) estão vagos. Ainda de acordo com o portal, outros nove estão bloqueados e seis estão aguardando liberação. Além disso, existem 25 pacientes com suspeita ou confirmação de covid-19 aguardando um leito.

Em resposta ao Correio, a SES-DF informou que monitora em tempo real a situação das vagas em UTI no Distrito Federal e ativa as fases do Plano de Mobilização de leitos, conforme a necessidade de cada momento. Questionada sobre a previsão de abertura de novos leitos, a pasta não respondeu até a publicação desta matéria. O espaço segue aberto para esclarecimentos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE